Notícias / Aventuras

05/07/16 às 18:59

Goiás - Temporada do Rio Araguaia deve atrair mais de 300 mil turistas

Especialistas alertam sobre cuidados com a saúde para preparação e durante a viagem

Nayara Reis da Silva - Diário da Manhã

Edição para Agua Boa News, Michel Franck

Imprimir Enviar para um amigo
O Rio Araguaia é um dos destinos mais escolhidos por praticantes de pesca amadora de todo o país e turistas do Centro-Oeste, que buscam as praias de areias claras e momentos de lazer oferecidos pela região, sabem que ele é um paraíso.

Segundo a Secretaria Municipal de Turismo de São Miguel do Araguaia, a expectativa para este ano é de que 300 mil turistas aproveitem a temporada – 100 mil a mais do que em 2015. De acordo com a Gerência de Projetos, Pesquisas e Destinos Turísticos da Goiás Turismo, além das regiões banhadas pelo Rio Araguaia, novas cidades estão na lista dos turistas caso de Caiaponia, Terra Ronca e Mineiros.

Para ele, isso se deve ao atual momento da economia do país, que tem aquecido o turismo nacional, mas também por um forte esforço dessas regiões na divulgação e anseio de seus atributos turísticos. “Os pontos mais convencionais, hoje, são: Caldas novas, Rio Quente, as cidades históricas como Goiás e Pirenópolis. Nesses lugares a taxa de ocupação deve aumentar cerca de 40%”, informa o órgão.

Mas antes de arrumar as malas é importante que as pessoas se atentem para alguns cuidados com a saúde. A recomendação é que o cartão de vacinas esteja atualizado, principalmente as vacinas contra Hepatite A e Febre Amarela, que têm incidência aumentada na região. “É importante lembrar que esse cuidado é imprescindível não apenas para os turistas, mas também para os moradores da região, pois no período de grande movimentação essas doenças se proliferam com maior facilidade”, ressalta Marilene Lucinda, médica especialista em vacinas do Laboratório Padrão do Grupo Hermes Pardini.

Nessa época do ano, é muito comum que ocorram irritações nos olhos e na pele, otite, insolação e rinite alérgica. Por isso, quando estiverem desfrutando das variedades de lazer, como praticar esportes, explorar a fauna/flora local e se refrescar nas águas do rio, os turistas devem tomar algumas medidas de prevenção. É o que explica a biomédica e assessora científica Bárbara Nuccitelli. “Não fique muitas horas exposta ao sol, use acessórios como chapéu e sombrinha. O protetor solar deve ser usado mesmo em dias nublados e não se esqueça de que os óculos de sol devem ter a qualidade de proteção adequada”, orienta.

A biomédica ainda reforça o cuidado com a alimentação. “Tenha atenção às condições de higiene dos locais escolhidos para se alimentar, opte por comidas leves e beba bastante líquido, preferencialmente água, para repor as energias. Não consuma bebida alcoólica, pois o uso pode ocasionar acidentes”, alerta.

Outra recomendação é não esquecer o repelente, já que os casos de Dengue, Chikungunya e a Febre Zika, todos transmitidos pela picada do mosquito Aedes Aegypti, ainda são preocupantes. “Use constantemente o repelente. Não deixe água parada acumular, faça a sua parte.”

A advogada Laura Curado frequenta as praias de água doce do Rio Araguaia desde os oito anos de idade. Sua família possui um rancho no local onde sempre se encontram durante as férias. “É um costume nosso de anos. São mais de 40 pessoas ao todo. Não tem muita preparação, levo sempre comigo repelente, filtro solar e roupas apropriadas, tanto biquini quanto de frio”, explica.

Nas estradas

A Polícia Rodoviária Federal orienta sobre as atitudes que contribuem para evitar transtornos nas estrada nessa época do ano, em que é habitual o uso de bebidas alcoólicas nas reuniões e acampamentos. Segundo a PRF todas as viaturas em ronda estão equipadas com etilômetros para coibir essa prática. Além da embriaguez ao volante, a ultrapassagem forçada ou proibida é causa de muitos acidentes graves nas rodovias federais. Juntamente ao excesso de velocidade, são os principais alvos da fiscalização dos policiais rodoviários federais.

Para os viajantes com muita bagagem, atenção com a amarração da carga para que não exceda as dimensões do veículo. E os que farão uso da carretinha, a preocupação deve ser com a iluminação do meio de transporte, para que a sinalização não fique comprometida durante a viagem.

Os pais que pegarão a estrada com crianças e bebês: atentem-se para o dispositivo de segurança adequado para cada idade. Bebês de até um 1 ano devem ser transportados no banco traseiro, acomodados no bebê conforto. De 1 a 4 anos deve ser feito o uso da cadeirinha. Para crianças de 4 a 7 anos, é obrigatório o uso do assento de elevação.

Aqueles que vão viajar depois do dia 8 de julho, vale lembrar que é a data em que entra em vigor a lei que torna obrigatório o uso de farol baixo durante o dia. A medida será válida para rodovias federais e estaduais, incluindo as que passam por trechos urbanos. O descumprimento será considerado infração média, com multa de R$ 85,13 e 4 pontos na carteira de habilitação.

Com a temporada do Araguaia também é comum o aumento de ocorrências envolvendo crimes ambientais. A PRF informou ainda que as agências ambientais também intensificarão as fiscalizações para coibir a pesca predatória, queimadas, poluição e o transporte irregular de pescados e animais silvestres.
 
Rio Araguaia (Foto:Ebc)
Rio Araguaia (Foto:Ebc)
 
Dicas da Policia Rodoviária Federal de Goiás para uma viagem segura e tranquila:
  • Verifique as condições dos pneus, dos equipamentos obrigatórios (extintor, macaco, estepe, chave de roda, triângulo, etc.), do sistema de iluminação e sinalização do veículo;
  • Certifique-se de portar os documentos obrigatórios do veículo (CRLV) e carteira nacional de habilitação (CNH);
  • Dê uma parada de 15 minutos a cada duas horas de viagem. O cansaço é inimigo da direção segura;
  • Respeite, acredite e obedeça à sinalização;
  • Obedeça aos limites de velocidade permitida, dirija com prudência, pois o excesso de velocidade é a causa da maioria dos acidentes;
  • Ultrapasse somente um veículo por vez, em locais permitidos e com certeza do sucesso da manobra. Facilite a ultrapassagem dos outros veículos;
  • Guarde uma distância segura do veículo que vai à frente;
  • Certifique-se que todos os ocupantes do veículo estejam com o cinto de segurança;
  • Se beber, não dirija.

Imprimir Enviar para um amigo

comentar  Nenhum comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agua Boa News. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agua Boa News poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 

veja maisArtigos

Maria Augusta Ribeiro

A inovação do tédio

O objetivo da inovação é criar valor. Mas a busca por processos com a finalidade de satisfazer egos  de palestrante e livros sem utilidade,  incentivam um mercado cada vez mais crescente e entediante de...

 
 
 
 
Sitevip Internet