Notícias / Governo de MT

04/09/20 às 22:35 / Atualizada: 04/09/20 às 22:42

Prefeito de Santa Cruz do Xingu renuncia e assume Fapemat

Boamidia

Imprimir Enviar para um amigo
Prefeito de Santa Cruz do Xingu renuncia e assume Fapemat

Marcos de Sá presidente da Fapemat

Foto: noticiadosmunicípios.com.br – Barra do Garças

Marcos  de Sá (PSB) renunciou ao cargo de prefeito de Santa Cruz do Xingu, município com 2.633 habitantes, no Vale do Araguaia, divisa com o Pará. Não se trata de crise política nem de problema de ordem pessoal. Marcos de Sá foi nomeado presidente da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado (Fapemat). A indicação do novo dirigente daquele órgão leva as impressões digitais do deputado estadual Dr. Eugênio (PSB), que é um dos líderes de seu partido e único representante do Vale do Araguaia na Assembleia Legislativa.
 
Marcos de Sá Fernandes da Silva nasceu em Barra do Garças, tem 41 anos, é cirugirão dentista e cumpria o segundo mandato consecutivo de prefeito. Sua nomeação pelo governador democrata Mauro Mendes aconteceu em 3 deste setembro, mas na véspera ele deixou a prefeitura ao vice e seu correligionário Maicol Ângelo Soares.

A posse da Marcos de Sá na Fapemat acontece após o feriado de 7 de Setembro. Sua escolha para o cargo deverá causar surpresa, por se tratar de um político oriundo de município pequeno e distante de Cuiabá. No entanto, Dr. Eugênio vê com naturalidade a presença do correligionário na Fapemat, por considerá-lo capacitado, dinâmico e motivado ao trabalho.

O novo presidente substituirá o professor Adriano da Silva, que morreu em 3 de junho num hospital em Cuiabá, vítima do novo coronavírus. Adriano Silva foi reitor da Universidade do Estado (Unemat), professor de direito e suplente de deputado estadual e de deputado federal.

Marcos de Sá não anunciou seu plano de ação para a Fapemat, mas uma fonte ligada a ele revelou que no ato da posse, ao lado de Mauro Mendes, o novo presidente focalizará sua meta na função.

AMM – Marcos de Sá é o tesoureiro-geral da Associação Mato-grossense dos Municipios (AMM), mas mesmo após renunciar ao mandato de prefeito  não precisará entregar o cargo na AMM, que agora, fica praticamente sem prefeitos em sua direção.
 
O presidente da AMM, Neurilan Fraga, não é prefeito desde 31 de dezembro de 2016, mas cumpre o treceiro mandato consecutivo na direção daquela entidade que representa os municípios. Em 26 de junho deste ano a  Câmara Municipal de Aripuanã cassou o prefeito Jonas Canarinho (PSL), por improbidade administrativa; Canarinho é o secretário-geral da AMM.
Imprimir Enviar para um amigo

comentar  Nenhum comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agua Boa News. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agua Boa News poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 

veja maisArtigos

Gilberto Figueiredo

Oficialização de Pazuello em Ministério garante continuidade de ações na Saúde

Foi com satisfação que recebi a notícia da permanência e oficialização de Eduardo Pazuello no Ministério da Saúde. O gestor, que antes atuava como interino, assumiu oficialmente a pasta na...

 
 
 
 
Sitevip Internet