Notícias / Curiosidades

30/10/19 às 22:22

Novo ou Usado? Dicas para escolher o seu primeiro carro

Aline Matos

AguaBoaNews

Imprimir Enviar para um amigo
Independente da escolha, um carro zero quilômetro ou um usado ainda representa um carro novo para o usuário. Isso vale para a compra de um primeiro automóvel ou para a troca de modelos ao longo da vida.

Ambas as escolhas devem ser avaliadas e planejadas com antecedência. Para isso é extremamente importante que o futuro proprietário considere inicialmente alguns fatores:

- Necessidades pessoais como espaço, conforto, motorização e acessórios do modelo pretendido;
 
- Valor total disponível para o ato da compra de acordo com o orçamento familiar, incluído um possível financiamento ou negociações de descontos à vista;
 
- Custos fixos e eventuais, que incluem abastecimento, manutenções, seguro, revisões e manutenção preventivas ou para reparos.
 
- Tendência de valorização ou desvalorização de acordo com a Tabela Fipe, medidor e referência para valores de compra e venda e também para estabelecer os valores do seguro auto.
 
Após essa avaliação primária é necessário prestar atenção às vantagens e desvantagens que as duas escolhas podem oferecer em médio e longo prazo.


Como avaliar um carro zero?

Um carro recém-saído da fábrica, ainda com cheirinho de novo pode ser o sonho de muitas pessoas. Mas, até mesmo as versões mais simples de modelos zero quilômetro demandam um investimento considerável e vale lembrar que ele perde em média de 10% 20% do seu valor no mesmo momento que sai da concessionária para seu novo dono (e pode perder ainda mais dependendo da quilometragem rodada).

As vantagens: O automóvel apresenta todas as suas características originais de fábrica, componentes intactos e geralmente estão amparados por um período de garantia do fabricante (que pode chegar a cinco anos para componentes específicos), a desvalorização para revenda costuma ser pequena se estiver em bom estado e há maior facilidade para fechar o negócio.

Desvantagens: Alto valor de aquisição, alto custo do seguro, impostos e documentações e gastos fixos, com suprimentos como óleo, troca de filtros e similares.


Como avaliar Seminovos e Usados

Um carro seminovo ou usado tem um valor mais reduzido no ato da compra. Se estiver em bom estado, ainda pode ser uma alternativa mais equipada e com mais acessórios do que uma versão zero quilômetro do mesmo modelo.

Aqui é importante ressaltar a necessidade de contar com a ajuda profissional de despachantes e mecânicos para avaliar não só a situação dos documentos, taxas, impostos e possíveis multas como também o estado de conservação do carro e seu desempenho. A ansiedade ou a inexperiência são as aliadas perfeitas de um mal negócio.

Vantagens: Custo de aquisição reduzido, IPVA, DPVAT e seguro mais baratos (de acordo com o modelo escolhido).

Desvantagens: Desgastes natural dos componentes, custos de manutenção preventiva e reparos podem estar fora do prazo de garantia do fabricante, atraso tecnológico em comparação a versões e modelos mais atuais. 


Considerações importantes para fechar qualquer negócio

- Pesquise muito sobre o modelo desejado e também pesquise diferentes concessionárias ou ofertas. Tenha paciência para encontrar o carro que deseja dentro dos gastos planejados.

- Avalie cuidadosamente seu orçamento antes de fechar o negócio, sem se esquecer de considerar todos os gastos fixos e eventuais para manter o carro rodando e conservado.

- Faça um test drive e fique atento aos detalhes importantes, como facilidade para entrar e sair do veículo, regulagem e conforto dos bancos e cinto de segurança. Fique atento aos pontos cegos, visibilidade dos retrovisores, funcionamento das luzes externas e também do painel de instrumentos ou computador de bordo. 

Questione eventuais barulhos durante a rodagem, a eficiência de arranque e de frenagens. Além disso, não esqueça de observar se o motor aquece, se o volante treme ou puxa para os lados. Teste também as funções do rádio, ar-condicionado, limpadores de para-brisa e vidro traseiro, travas.

- Consulte a Tabela Fipe e calcule a depreciação do veículo para os próximos anos. Ela vai ocorrer independentemente da compra de um veículo novo ou usado.

Escolher o primeiro carro depende de uma boa pesquisa, então não tenha medo de perder tempo nessa etapa importante. A pressa pode ser realmente a inimiga da perfeição. Contudo, fazendo boas escolhas você não terá problemas no futuro.
Imprimir Enviar para um amigo

comentar  Nenhum comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agua Boa News. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agua Boa News poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 

veja maisArtigos

Fernando Rizzolo

A Exclusão e o Pancadão

Uns anos atrás, escrevi um artigo sobre a repressão praticada pelos seguranças dentro dos shoppings centers em São Paulo, uma vez que não permitiam que grupos de jovens da periferia, que marcavam encontros chamados...

 
 
 
 
Sitevip Internet