Notícias / Governo de MT

26/07/19 às 15:41 / Atualizada: 26/07/19 às 15:48

Xavantes homenageiam primeira-dama com título de madrinha da etnia

Ações da primeira-dama a favor dos indígenas foram destacadas por representantes da etnia

Luana Braga | Secom-MT

AguaBoaNews

Imprimir Enviar para um amigo
Xavantes homenageiam primeira-dama com título de madrinha da etnia

Xavantes homenagem Virginia Mendes com o título de madrinha

Foto: Jana Pessoa/Setasc-MT

Indígenas da comunidade Xavante da Grande Sangradouro homenagearam a primeira-dama de Mato Grosso, Virginia Mendes, com a entrega de um cocar, simbolizando o título de madrinha da etnia.

Na oportunidade, o cacique-geral Graciliano Tsereptesé de Sangradouro elogiou a forma com que o atual Governo tem atendido as comunidades indígenas, sob o olhar sensível da primeira-dama Virginia Mendes. 

“É fácil de perceber o carinho com que a primeira-dama Virginia Mendes tem auxiliado o Governo do Estado no trato das demandas sociais, com atenção especial para as comunidades indígenas”, destacou o cacique.

Na oportunidade, Graciliano, juntamente com outros representantes indígenas, dentre eles, o coordenador Agnaldo Santos, reivindicou apoio da primeira-dama nas ações de incentivo à produção agrícola e mais atenção do Estado para os cuidados na área de saúde indígena.




Para atender às demandas emergenciais da comunidade, os xavantes também solicitaram cestas básicas, cobertores e roupas. A primeira-dama prontamente solicitou que a secretária de Estado de Assistência Social e Cidadania, Rosamaria Carvalho, atendesse as aldeias da região com algumas doações.

“Quero atuar em parceria com as comunidades indígenas e ajuda-los, sempre respeitando a cultura e os costumes. Este é o segundo grupo que me procura querendo apoio, especialmente na área de desenvolvimento agrário. Eles querem obter mais autonomia e recursos financeiros para beneficiar suas famílias, não querem viver somente de doações”, frisou a primeira-dama Virginia Mendes.

A comunidade Xavante da Grande Sangradouro conta com aproximadamente 3 mil pessoas entre homens, mulheres, crianças e idosos, abrangendo os municípios de Novo São Joaquim, Poxoréu e General Carneiro.




Além do cacique Graciliano, também estiveram na audiência o presidente do Conselho Distrital de Saúde Indígena, Fábio Tsitobrowê, e o ex-vereador no município de General Carneiro, Bartolomeu Patira Xavante, líder representante dos caciques.
Imprimir Enviar para um amigo

comentar  Nenhum comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agua Boa News. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agua Boa News poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 

veja maisArtigos

Paiva Netto

Hiroshima

Em 6 de agosto de 2019, precisamente às 8h15, completam-se 74 anos do lançamento da bomba atômica sobre Hiroshima, depois foi a vez de Nagasaki, também no Japão. Data que jamais será varrida das...

 
 
 
 
Sitevip Internet