Notícias / Governo de MT

02/03/19 às 08:37

Governos de MT e RO elaboram ações conjuntas para retirar vacina contra aftosa

Pecuarista pretendem acessar novos mercados que não compram carne in natura de animais vacinados

Caroline Rodrigues | Sedec-MT

AguaBoaNews

Imprimir Enviar para um amigo
Governos de MT e RO elaboram ações conjuntas para retirar vacina contra aftosa

Foto: Divulgação Sedec-MT

Uma estratégia conjunta está sendo elaborado pelos estados de Mato Grosso e Rondônia para a retirada da vacina de febre aftosa dos rebanhos localizados no estado vizinho e em parte dos municípios mato-grossenses de Juína, Aripuanã e Colniza. O secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico (Sedec), Cesar Miranda, explica que o objetivo é garantir toda a segurança do processo, que se faz necessário para garantir novos mercados. Ele lembra que alguns países da Ásia, por exemplo, não compram carne in natura de animais vacinados.

O trabalho será realizado em todo o país, seguindo um calendário elaborado pelo Ministério de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). O governo Federal dividiu o território em cinco blocos, sendo que Mato Grosso está no 1, que compartilha com Rondônia e tem ações previstas para este ano, e no 5, que retirará a vacinação em 2022.

Em uma reunião realizada nesta sexta-feira (01) com autoridades da Secretaria de Agricultura de Rondônia, em Vilhena (RO), Miranda afirmou que o governo vai redobrar esforços na região e fortalecer as barreiras, que são responsabilidade do Instituto de Agropecuária de Mato Grosso (Indea), autarquia vinculada a Sedec.

Durante as inspeções, será impedida a entrada de animais de outras áreas. Já os que saírem, serão vacinados, como determina o Mapa.

Ele acrescentou ainda que a pecuária é muito importante para o Estado, que tem o maior rebanho do Brasil, com 30 milhões de cabeças, e Rondônia tem 14 milhões de animais, o que representa um patrimônio de mais de R$ 50 bilhões. “Temos que manter a vigilância e mostrar aos compradores internacionais que a carne mato-grossense é segura”.

A segunda etapa das negociações tem data marcada para acontecer. Será em Mato Grosso, no dia 19 de março, e contará com os governadores dos dois estados, Mauro Mendes e Marcos Roc
ha.
Imprimir Enviar para um amigo

comentar  Nenhum comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agua Boa News. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agua Boa News poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 

veja maisArtigos

Telma Cenira Couto da Silva

As mulheres da minha vida

Thomires era o nome da minha avó paterna.  Descendente de franceses, tinha a pele muito alva e os olhos azuis claros, que lembravam o mar. O louro esbranquiçado do seu cabelo remetia-me aos das minhas bonecas. Adorava admirar o...

 
 
 
 
Sitevip Internet