Notícias / Governo de MT

04/07/15 às 09:16

CENTRO OESTE: Governadores lançam “Brasil Central”

Um dos objetivos é a criação de Agência Interestadual do Brasil Central para fomentar o desenvolvimento econômico da região

MARCOS LEMOS

Diário de Cuiabá

Imprimir Enviar para um amigo
CENTRO OESTE: Governadores lançam “Brasil Central”

O governador Pedro Taques (PDT) durante o lançamento do Fórum dos Governadores do Brasil Central

Uma atuação unificada dos Estados do Centro-Oeste e mais o Distrito Federal e a exigência da participação dos entes federados nas decisões que envolvam questões macroeconômicas centralizaram as discussões entre os governadores e representantes dos Estados reunidos pela segunda vez na capital de Goiás, o mais rico de todos.

A principal decisão foi a constituição do Fórum dos Governadores do Brasil Central, mas com uma regra única para todos, trabalhar em conjunto no intuito de promover o desenvolvimento regional.

A importância do encontro pode ser sentida com a presença de quatro governadores, um vice e do ministro Mangabeira Unger, da Secretaria de Assuntos Estratégicos da Presidência da República, que sempre defendeu a unificação regional para que os entes federados tivessem força perante o governo federal.

No encontro, os governadores Pedro Taques (MT), Marconi Perillo (GO), Reinaldo Azambuja (MS), Marcelo Miranda (TO) e o vice-governador do Distrito Federal, Renato Santana, decidiram colocar em prática estudos e planejamento para a criação de Agência Interestadual do Brasil Central.

“Todos precisam compreender que juntos somos potencialmente fortes e decisivos para o equilíbrio da economia do Brasil”, disse o governador Pedro Taques, condenando a centralização de poder no governo federal o que exige dos Estados e seus municípios a formação de blocos representativos.

O chefe do Executivo Mato-grossense reafirmou para os governadores as críticas pontuais que tem feito em relação ao governo federal que adota medidas à custa dos outros entes. “Antes para aquecer a economia nacional e vender carros e eletrodomésticos da linha branca o governo federal reduzia o IPI [Imposto sobre a Produção Industrial], só que em cima da parte dos Estados e municípios e permanecia com sua alterada. Agora que a crise econômica se instalou ele quer fazer Ajuste Fiscal não repassando as obrigações dos Estados e Municípios”, frisou Pedro Taques, falando o Fundo de Exportação de 2014 no valor de R$ 400 milhões retidos pelo governo federal e a sinalização de que não irá também cumprir o repasse do FEX de 2015 que já soma outros R$ 450 milhões.

O chefe do Executivo questionou os outros governadores sobre a ação da União de realizar um ajuste fiscal sem levar em conta a opinião dos governadores. “Isso é um absurdo, não existe essa possibilidade em outras federações constitucionais”, afirmou.

O governador ressalta ainda que o governo federal não trabalha o planejamento junto aos governos estaduais e os municípios. Destaca que os Estados do Centro-Oeste e o Tocantins merecem uma nova visão porque são os principais responsáveis pelo superavit da balança comercial.

“Se for somar o Produto Interno Bruto (PIB) da agricultura desses Estados nós vamos ver que são os responsáveis pelo superavit da balança comercial no Brasil. O Brasil exportou em 2013, U$ 100 bilhões do agronegócio, São Paulo foi responsável por U$ 20 bi e Mato Grosso por R$ 16 bi”, argumentou.

Os governadores e suas equipes se comprometeram a realizar reuniões frequentes em uma das capitais. A próxima acontecerá em Cuiabá, no dia 07 de agosto. (Com Gcom-MT)
Imprimir Enviar para um amigo

comentar  Nenhum comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agua Boa News. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agua Boa News poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 

veja maisArtigos

Nilton Moreira

Estrada Iluminada - Cirurgias espirituais. Curas.

É comum por ocasião dos aniversários desejarmos coisas boas e entre os desejos o que nunca falta é a manifestação de saúde. Isso acontece em razão de ser um fato primordial para todos...

 
 
 
 
Sitevip Internet