Notícias / Governo de MT

24/12/18 às 09:53 / Atualizada: 24/12/18 às 18:23

Sistema da Sefaz-MT falha novamente e impede venda de madeira de Mato Grosso

Daniela Torezzan - Assessoria de Imprensa do Simno

AguaBoaNews

Imprimir Enviar para um amigo
Sistema da Sefaz-MT falha novamente e impede venda de madeira de Mato Grosso

Foto: Assessoria

O sistema de emissão de Nota Fiscal da Secretaria de Estado de Fazenda de Mato Grosso (Sefaz-MT) está inoperante novamente. Esta é a segunda vez em menos de um mês que a falha ocorre, totalizando 15 dias sem operação. Com isso, o setor de base florestal do estado fica impedido de concretizar as vendas efetuadas já que para transportar a carga é necessária a emissão da Guia Florestal, que depende da chave de acesso e do protocolo da Nota Fiscal para ser emitida.

O problema chegou a ser denunciado em novembro pelo Centro das Indústrias Produtoras e Exportadoras de Madeira de Mato Grosso (Cipem). Na ocasião (23/11), a Sefaz-MT alegou que estava mudando os serviços de datacenter e a situação foi normalizada uma semana depois – quando cerca de R$ 30 milhões já estavam contingenciados. Agora, não há uma explicação por parte da Secretaria e os prejuízos do setor novamente se acumulam.

O presidente do Sindicato das Indústrias Madeireiras e Moveleiras do Noroeste de Mato Grosso (Simno), Paulo Augusto Veronese, manifestou sua indignação com o descaso demonstrado pela Sefaz-MT ao não resolver a situação e nem prestar o devido atendimento aos empresários. Segundo Veronese, a situação é grave e provoca transtornos para a sociedade e o governo. “Nós não conseguimos vender e honrar as contas de final de ano, incluindo o pagamento de décimo terceiro salário e férias coletivas dos funcionários. Com isso, o dinheiro não circula no comércio local, prejudicando outros empresários. Os motoristas dos caminhões ficam retidos e podem passar o Natal longe de casa. O Estado não arrecada recursos, pois os impostos não são recolhidos. Todos perdem com essa situação”, repudia. Para Veronese é inadmissível que uma Secretaria de governo não consiga manter em funcionamento o sistema de emissão de nota fiscal.

Além de resultar em prejuízos para o empresário, pois precisa pagar diária de caminhão fretado, o problema se agrava quando clientes decidem cancelar a compra por quebra de contratos devido ao atraso na entrega dos produtos.

O setor florestal representa a 4º economia de Mato Grosso, presente em mais de 50 municípios, sendo responsável por 5,4% do PIB Estadual. Em 2017 o setor gerou R$ 2 bilhões resultante da comercialização, mais de R$ 22 milhões em arrecadação do Fundo Estadual de Transporte e Habitação (Fethab) e mais de R$ 47 milhões em arrecadação de Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS).

ESCLARECIMENTO DA SEFAZ
Na sexta, a SEFAZ estava com problemas no sistema de emissão de notas fiscais. Lentidão e indisponibilidade na arrecadação e outros sistemas. Mas foi resolvido na sexta mesmo.
No sábado, a Sema detectou que o IBAMA havia alterado o endereço dos webservices e não tinham avisado. Iam precisar alterar o Sisflora.
No sábado ainda, a equipe da TI da SEFAZ responsável pela NF-e fez uma verificação geral e não encontrou problemas.
Então, foi feito contato com o IBAMA, que encaminhou os códigos da alteração que fizeram para a SEMA atualizar o Sisflora.
Esse procedimento de atualização do Sisflora está sendo realizado neste momento pela SEM

 
Imprimir Enviar para um amigo

comentar  Nenhum comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agua Boa News. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agua Boa News poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 

veja maisArtigos

Aurélio Mendanha

Ande lega! Direitos e deveres de quem anda de Bicicleta

No Brasil e não seria diferente no Município de Agua Boa, cada vez mais as bicicletas são usadas como um meio alternativo de transporte. Andar de bicicleta é uma atividade que tem encontrado cada vez mais adeptos na...

 
 
 
 
Sitevip Internet