Notícias / Curiosidades

16/05/18 às 10:26 / Atualizada: 16/05/18 às 10:51

Ubatuba (SP) - Praticantes de naturismo tiram a roupa e 'invadem' praia

Grupo visita a praia Mansa há cerca de quatro meses para a prática. Para 'oficializar' o nudismo no local, grupo vai fazer pedido à Câmara.

G1 Vale do Paraíba e Região

Edição: Clodoeste 'Kassu' AguaBoaNews

Imprimir Enviar para um amigo
Ubatuba (SP) - Praticantes de naturismo tiram a roupa e 'invadem' praia

Praticantes de nudismo ocupam praia em Ubatuba

Foto: Divulgação/NatVale

Praticantes de naturismo frequentam a praia Mansa, em Ubatuba (SP), há quatro meses. Nus, eles se revezam para ir ao local aos finais de semana e defedem a que a praia vire reduto nudista em São Paulo. A decisão de 'oficializar' a proposta dos naturistas, no entanto, depende de regulamentação da prefeitura e da Câmara.
 
As visitas sem roupa à praia são uma iniciativa do grupo Naturistas do Vale do Paraíba (Natvale). Eles criticam que mesmo com uma extensa faixa litorânea, o estado não tem praia com licença legal a prática do nudismo. Com a 'experiência' na praia Mansa, eles querem chamar atenção para a causa.
 
A praia, com uma pequena faixa de areia e cercada por vegetação, é quase deserta. O ambiente reservado, sem comércios ou pousadas, garante a privacidade que o grupo precisa para a prática.
 
Segundo o presidente da NatVale, Ubiratan Fazendeiro, a ideia da experimentação é saber se a comunidade aceita a prática. Ele disse que se algum banhista não praticante do naturismo vai à praia, o aval dele é pedido para que o grupo continue sem roupa.
 
“A gente quer exercer nosso direito de estar nu na praia, em contato direto com a natureza. O corpo não deveria representar um escândalo, existe uma distorção cultural. Estamos dialogando com a comunidade antes de pedir oficialmente o espaço”, explicou Ubiratan.
 
O Natvale informou que pretende apresentar o pedido formal à Câmara ainda neste semestre. Para viabilizar a liberação do naturismo no local é necessária uma mudança no código de conduta do município, que veta a prática. De acordo com o grupo, o texto para solicitar essa mudança está sendo elaborado pelo setor jurídico da entidade.
 
A prefeitura de Ubatuba informou, por nota, que não recebeu o pedido formal do grupo. A reportagem questionou se a gestão é a favor da abertura da praia para nudismo, mas a administração não se manifestou.
 
A Polícia Civil alerta que, se flagrados na prática, os naturistas podem ser detidos por 'ato obsceno' – que tem pena de três meses a um ano de detenção. “Nós nunca recebemos denúncias do tipo ou flagramos a prática na cidade, mas eles podem ser detidos e vão responder por ato obsceno, apesar de em liberdade”, explicou o delegado Ricardo Mamedi.
 
Prática de nudismo em praia de Ubatuba (Foto: Divulgação/NatVale)
Prática de nudismo em praia de Ubatuba (Foto: Divulgação/NatVale)
 
Praia Mansa, em Ubatuba  é considerada reservada e, por isso, atraiu ineresse dos naturistas (Foto: Reprodução/TV Vanguarda)
Praia Mansa, em Ubatuba é considerada reservada e, por isso, atraiu ineresse dos naturistas (Foto: Reprodução/TV Vanguarda)
Imprimir Enviar para um amigo

comentar  Nenhum comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agua Boa News. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agua Boa News poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 

veja maisArtigos

Dr. Orlando Barreto Neto

A primeira relação sexual após o parto!

Resguardo é o período indicado pelos médicos para que o útero se restabeleça após o nascimento do bebê, independentemente de ter sido cesárea ou parto normal. Esse período pode levar em...

 
 
 
 
Sitevip Internet