Notícias / Governo de MT

11/05/18 às 20:41 / Atualizada: 11/05/18 às 22:48

Nova Nazaré - Sai Licença da Sema para a construção da ponte do rio das Mortes na MT-326

Clodoeste Pereira 'Kassu'

AguaBoaNews

Imprimir Enviar para um amigo
Nova Nazaré - Sai Licença da Sema para a construção da ponte do rio das Mortes na MT-326

Governador prometendo o ínicio da construção da ponte

Foto: AguaBoaNews arquivo 08/07/2016

A Licença Prévia ambiental nº 30993/2018 da Sema foi proferida no  dia 08 de maio para a construção da Ponte de Concreto no Rio das Mortes na MT-326 na divisa dos municpios de Nova Nazaré e Cocalinho.

A solicitação da licença foi protocolada na Sema em pela Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística em 26/10/2017 e é válida até 07/05/2021.

O governador Pedro Taques em visita a Expovale no dia 8 de julho de 2016 anunciou pelo menos o início da construção da ponte.


Tonico de Mello cobra ao governador a construção da ponte - Foto: arquivo 07/07/2016 AguaBoaNews

O anuncio no evento Dia de Negócios e foi feito após o presidente do Sindicato Rural, Antônio Melo (Tunico) fazer uma cobrança dizendo que desde 1977 já havia uma promessa que a ponte seria construída nos dois anos seguintes. “Já se passaram 40 anos e até agora nada” disse o presidente.  O governador quebrou o protocolo e fez o anuncio. “Pode gravar, -- e o Agua Boa News gravou-- nós temos 470 milhões para pontes que já está depositado no banco. Uma parte desta verba eu já garanto hoje. A primeira vez que vim a Água Boa a Leila do Calcário já cobrava a construção desta ponte. A  ponte será construída em parceria com o governo federal, municípios e produtores, pois o investimento será de cerca de 60 milhões. É uma ponte de 300 metros e ainda os encabeçamentos, esse é um compromisso meu como governador do estado de Mato Grosso". Ver o vídeo abaixo...

Agora chegou a hora da licitação seria indispensável as nossas autoridades de toda a região fazer a cobrança para que seja cumprida a promessa.
  • Nova Nazaré - Sai Licença da Sema para a construção da ponte do rio das Mortes na MT-326
  • Nova Nazaré - Sai Licença da Sema para a construção da ponte do rio das Mortes na MT-326
  • Nova Nazaré - Sai Licença da Sema para a construção da ponte do rio das Mortes na MT-326
  • Nova Nazaré - Sai Licença da Sema para a construção da ponte do rio das Mortes na MT-326
  • Nova Nazaré - Sai Licença da Sema para a construção da ponte do rio das Mortes na MT-326
  • Nova Nazaré - Sai Licença da Sema para a construção da ponte do rio das Mortes na MT-326
  • Nova Nazaré - Sai Licença da Sema para a construção da ponte do rio das Mortes na MT-326
  • Nova Nazaré - Sai Licença da Sema para a construção da ponte do rio das Mortes na MT-326
Imprimir Enviar para um amigo

Vídeo Relacionado

comentar1 comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agua Boa News. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agua Boa News poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • por Luis Gonzaga Domingues, em 12/05/18 às 10:02

    POLÍTICA 07 DE MAIO DE 2018, 09H43 Metade dos brasileiros agora acha que Dilma sofreu golpe em 2016, diz INTC A pesquisa é do Instituto da Democracia e da Democratização da Comunicação, braço do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia (INTC) Por Redação Por Brasil 247 Assentada a poeira da maior guerra de informação já vista no país, para derrubar Dilma Roussef, a opinião pública começa a apresentar um veredito muito diferente do pretendido pelas mídias conservadoras e as elites nacionais. Quase metade da população (47,9%) já considera que o que aconteceu entre 2015 e 2016 foi um golpe de Estado e não um evento normal, democrático. É o que informa pesquisa em março pelo Instituto da Democracia e da Democratização da Comunicação, braço do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia (INTC). O número dos que consideram que houve um impeachment dentro das regras do jogo democrático, é minoritário (43,5%), ao contrário do que aconteceu durante o auge da campanha de mídias contra Dilma, com manchetes diárias no Jornal Nacional da TV de Globo e de todos os jornais, TVs, revistas, e rádios de largo alcance, todos controlados por empresários conservadores, além da milionária campanha nas redes sociais.

 
 

veja maisArtigos

Ludmilla Vilela

Lei Geral de Proteção de Dados

Você sabe quantos novos conceitos e princípios a LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados) introduziu para tratamento de dados pessoais? A lista é grande. O que ele faz e quais são os pontos mais importantes da...

 
 
 
 
Sitevip Internet