Notícias / Internacional

11/08/17 às 15:24

Tecnologia - Irrigação é tema de reunião entre os integrantes da Missão AgriHub Israel 2017

Assessoria

AguaBoaNews

Imprimir Enviar para um amigo
Tecnologia - Irrigação é tema de reunião entre os integrantes da Missão AgriHub Israel 2017

Foto: Assessoria

Um software livre de sensores, uma fábrica de equipamentos para irrigação e a visita a um campo experimental. Estes foram os assuntos das reuniões de trabalho dos integrantes da Missão AgriHub Israel 2017, promovida pelo Sistema Famato/SENAR-MT, neste quinto dia de trabalho, em Israel.
 
O diretor de marketing e vendas da Manna Irrigation Intelligence Hovav Lapidot apresentou aos produtores mato-grossenses um software livre de sensores. “Ele fornece aos produtores informações de irrigação, mapas de monitoramento de culturas e ferramentas de planejamento de irrigação”.
 
Para acessar as informações de qualquer lugar e a todo momento basta ter um telefone. “Os produtores podem ter a informação através da nossa interface web ou aplicativo móvel. A configuração é fácil. Basta definir seus campos, culturas e data de plantio”, explica.
 
O software está nas nuvens e para o produtor ter acesso basta fazer a assinatura que é anual e, em seguida, ter um login e uma senha, acessar a internet e começar a receber as informações. Após a assinatura, o produtor passa a ter acesso aos dados dos três anos anteriores.
 
O grupo também visitou a Rivulis, que é uma empresa de apoio à gestão agrícola da água em todo o mundo. A sede da empresa é em Israel, mas os produtos são distribuídos no mundo inteiro. A irrigação Rivulis oferece uma linha completa de produtos de irrigação, incluindo gotejamento, fitas de gotejamento, filtros, mangueiras e tubos, sprinklers, sprays e válvulas.
 
Os produtos de irrigação Rivulis são vendidos através da rede de pelo menos 2.500 parceiros, revendedores em vários mercados, incluindo agricultura, horticultura, paisagem e mineração. A empresa tem 15 fábricas espalhadas pelo mundo inteiro e gera, pelo menos, 1.700 empregos.
 
E a última visita do dia foi no campo de experimento da SupPlant – mais produção menos água. Considerado o principal fornecedor mundial de tecnologia e produtos de irrigação, a empresa apresentou uma tecnologia que monitora os campos em tempo real e fornecem controle automático de irrigação com base nas necessidades da cultura.
 
O CMO Ori Ben Ner explica que tudo que o produtor precisa para ter uma fazenda inteligente é um telefone inteligente. “Os sensores são implantados em plantas no campo para monitorar as culturas e o meio ambiente. As medições em tempo real dos sensores são transmitidas sem fio pela Internet e depois armazenadas de forma segura no servidor para download ou visualização em sua área de trabalho, tablet ou telefone inteligente”.
Imprimir Enviar para um amigo

comentar  Nenhum comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agua Boa News. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agua Boa News poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 

veja maisArtigos

Fernando Rizzolo

Vinho chileno com sabor de rebeldia

Já fui melhor nisso. Uns dez anos atrás, eu era um apreciador de vinhos. Na época, isso era uma espécie de moda, e, de todos os vinhos, o que eu menos apreciava era o chileno. Talvez em razão do meu paladar mais...

 

Enquete

Se a eleição para presidente tivesse Jair Bolsonaro e Sérgio Moro como candidatos, em quem você votaria?

 
 
 
Sitevip Internet