Imprimir

Imprimir Notícia

24/04/24 às 13:58

Gefron apreende cerca de 500 quilos de cloridrato de cocaína após queda de aeronave

O Grupo Especial de Fronteira (Gefron) apreendeu, nesta terça-feira (23.04), aproximadamente 500 quilos de cloridrato de cocaína, na zona rural entre os municípios de Diamantino e Tangará da Serra. 

As buscas ao entorpecente iniciaram após a queda de uma aeronave em uma plantação de milho na cidade de Tangará da Serra na manhã desta segunda-feira (22). 

Como o avião estava sem os bancos traseiros, as forças policiais suspeitaram que ele teria sido usado para transportar droga e iniciaram diligências ininterruptas até localizarem o entorpecente nesta terça-feira. 

Esta ação do Gefron, da Segurança Pública de Mato Grosso (Sesp-MT), é parte da Operação Protetor das Fronteiras e Divisas, que faz o enfrentamento contínuo e integrado ao tráfico de drogas e outros crimes fronteiriços. 

Também participaram da ocorrência a Polícia Federal, Polícia Militar, Exército Brasileiro e Agência Nacional de Inteligência (Abin).  

Prisões

Dois criminosos envolvidos na queda da aeronave foram presos pela Polícia Civil nesta segunda-feira, depois que o proprietário da fazenda acionou a Polícia informando ter visto dois homens após a queda do avião. Ambos pediram ajuda para o gerente da propriedade rural, mas logo depois foram resgatados em uma caminhonete. 



Com as imagens dos suspeitos que estavam na aeronave e com informações sobre a caminhonete utilizada para deixar o local, os policiais iniciaram as diligências e se deslocaram para Campo Novo do Parecis, de onde seria o veículo utilizado na fuga.

Os policiais conseguiram cruzar com os suspeitos, dando início a uma perseguição policial. Apesar da tentativa de fuga, os policiais prenderam ambos criminosos e apreenderam três armas de fogo, carregadores e mais de 600 munições de diferentes calibres. 
Imprimir