Imprimir

Imprimir Notícia

12/02/24 às 15:35

Empaer promove iniciativa de resgate de sementes tradicionais junto a agricultores familiares

Produzir sementes tradicionais e tornar a prática uma política pública é o objetivo do projeto ‘Resgatar, multiplicar e conservar’, da Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer). A iniciativa piloto no Estado começa pelo município de Canarana, e tem o objetivo de facilitar o acesso de agricultores familiares a sementes de milho e feijão, além de impulsionar a produtividade e ajudar na renda.

O idealizador da iniciativa, o extensionista da Empaer Gildomar Avrella, destaca que as sementes são de variedades mais produtivas e rusticas e são ideais para promover o desenvolvimento sustentável da agricultura familiar em Canarana e região. “As sementes foram selecionadas para atender às necessidades específicas da região. O compromisso da Empaer é apoiar os agricultores fornecendo orientação técnica de qualidade aliado a tecnologia disponível”.

Segundo o técnico, a escolha pelo milho na variedade tradicional foi uma boa opção, pois a produtividade em plantio experimental está se mostrando que é viável devido a boa produtividade.

Gildomar explica ainda que os feijões são de dois materiais e adquiridos junto a algumas famílias que já cultivam há anos e servem também para produção de vagem, grãos e atendem demandas de consumidores em feijão grão verde, além de produzir ervilha - processo realizado com a colheita ainda verde.

“A produção desse material realizado no campo experimental já rendeu boa colheita de grãos de milho e feijão – que serão disponibilizados a agricultores interessados. Nosso objetivo é tornar essa prática uma política pública de incentivo à produção no Estado, oportunizando o fornecimento de sementes junto aos agricultores familiares a preços acessíveis em relação ás sementes híbridas e transgênicas”.



De acordo com Gildomar, está sendo trabalhado a implantação de novas áreas experimentais que serão usadas na produção das sementes e apresentadas futuramente, incluindo as de formação de pastagens e produção de palha no sistema plantio direto.

Na prática, exemplo do produtor do sitio Pôr do Sol, Atílio Felin que recebeu alguns exemplares de feijão e plantou em um canteiro. “Estou satisfeito. O produto é de qualidade e está muito bonito. Ele cresceu e já embaraçando com perspectiva de carregar. Plantei com muito carinho e tenho certeza que será colhido um feijão de qualidade”.

Interessados em participar do projeto devem procurar o escritório local da Empaer, que vem ampliando as áreas experimentais de plantio para promover a produção, beneficiamento e difusão das sementes. Como a procura pelas sementes é alta, a recomendação é que os interessados já façam suas reservas para a safra 2024/25 pelo aplicativo de mensagem no (66) 99719-4191 ou pelo e-mail canarana@empaer.mt.gov.br. 

 

  Imprimir