Imprimir

Imprimir Notícia

01/01/24 às 13:44 | Atualizada: 01/01/24 às 14:25

Mãe de quadrigêmeos fala sobre cuidados com filhos durante primeira noite em casa: 'Momento de oração e agradecimento'


Mãe de quadrigêmeos, Kássia Freitas teve celebração da virada do ano com a família reunida  — Foto: Arquivo pessoal/Kássia Freitas
Mãe de quadrigêmeos, Kássia Freitas teve celebração da virada do ano com a família reunida — Foto: Arquivo pessoal/Kássia Freitas
 
A mãe dos quadrigêmeos Ulisses, Ícaro, Lívia Luiza e Aurora falou sobre cuidados com os filhos após a alta deles Unidade de Terapia Intensiva (UTI) um mês após o parto, em Goiânia. Os irmãos foram gerados em duas placentas diferentes, sendo dois meninos idênticos em uma e duas meninas idênticas em outra. O caso é considerado uma raridade.
 
Ao g1, a mãe dos bebês, Kássia Freitas, falou sobre a celebração da virada do ano com a família reunida.
 
"Foi uma noite maravilhosa. Passamos a virada só entre a família mesmo, mas muito significativa. Passei eu, meus filhos, meus pais e meus irmãos", disse Kássia.

"Fizemos uma ceia. Um momento de oração e agradecimento", completou.

 
Kássia contou que deve passar alguns dias na casa da mãe para receber ajuda para cuidar dos bebês antes de ir para a própria casa. "Infelizmente não tenho condição de ter uma babá à noite, então tenho que ver como vai ser as próximas noites", disse a mãe dos quadrigêmeos.
 
A primeira noite foi agitada, apesar do momento de confraternização. "Eles sofrem um pouco de cólica, então acaba que dormimos pouco. Essa noite quem me ajudou foi minha irmã e meu cunhado", contou Kássia.
 
A mãe dos quadrigêmeos explicou que, como os bebês são prematuros, ainda há necessidade de cuidados especiais mesmo após a alta da UTI. "Até uma gripe para eles nesse momento não seria bom. Como são prematuros, o sistema imunológico ainda é muito fraquinho", explicou.
 
Kássia compartilha a rotina de mãe de quadrigêmeos nas redes sociais e disse que recebe muita ajuda da família e dos seguidores para cuidar dos filhos. “Estamos fazendo tudo por eles, mas cuidar de cinco filhos não é fácil. Graças a Deus estamos recebendo ajuda”, disse a mãe dos quadrigêmeos, que já tinha outro filho.
 
Relembre o caso
 
Parto de quadrigêmeos, em Goiânia — Foto: Reprodução/Katiuscia Christiane
Parto de quadrigêmeos, em Goiânia — Foto: Reprodução/Katiuscia Christiane
 
A gerente de marketing Kassia Cristina Freitas deu à luz a quadrigêmeos em 28 de novembro deste ano, em Goiânia. As crianças nasceram em menos de cinco minutos em um parto cesárea.
 
A irmã da Kássia, Katiuscia Christiane, contou que todos estão muito felizes com a chegada dos quadrigêmeos e que o pai acompanhou todo o parto.
 
De acordo com a médica Rita de Cássia Borges, os bebês nasceram com ótimos pesos, mas precisaram ser internados na UTI na época do nascimento.
 
"Eles ficarão no mínimo um mês. Precisam corrigir para 34 semanas no mínimo . Eles estavam com 30 semanas e quatro dias", disse a média após o nascimento.
A médica contou que eles não precisam ser entubados porque tinham bons níveis de saturação. Após este período, tiveram cuidados mais específicos para prematuros.
 
A pequena Lívia Luiza nasceu com 1,165 kg e 35 centímetros. Já, Aurora nasceu com 37 centímetros e o seu peso era de 1,085 kg. Ulisses, o maior entre os irmãos, nasceu com 42 centímetros e 1,480 kg. Ícaro nasceu com 1,225 kg e 38 centímetros.
 
Kassia Cristina Freitas estava grávida de dois pares de gestações monocoriônicas-diamnióticas, uma situação que ocorre uma vez a cada 70 milhões de gestações.
 
A gerente de marketing tem um filho de 4 anos chamado Davi e com a gravidez dos quadrigêmeos ela passou a morar com os pais para receber uma assistência maior.
 
Ulisses, Ícaro, Lívia Luiza e Aurora nasceram no dia 28 de novembro e vão passar a virada do ano na casa da avó - Goiás — Foto: Arquivo pessoal/Kássia Freitas
Ulisses, Ícaro, Lívia Luiza e Aurora nasceram no dia 28 de novembro e vão passar a virada do ano na casa da avó - Goiás — Foto: Arquivo pessoal/Kássia Freitas
 
Imprimir