Imprimir

Imprimir Notícia

19/12/23 às 10:14

Mato Grosso tem 14 municípios com os 30 maiores PIB da região Centro-Oeste; veja ranking

Mato Grosso tem 14 municípios entre os 30 maiores Produto Interno Bruto (PIB) do Centro-Oeste em 2021. Os dados são do PIB dos Municípios 2021, elaborado em parceria com os Órgãos Estaduais de Estatística, Secretarias Estaduais de Governo e Superintendência da Zona Franca de Manaus (SUFRAMA) pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) e divulgados na sexta-feira (18).

Cuiabá fica em quarto da região Centro-Oeste, com PIB de R$ 29,7 bilhões ou 3,19% de participação, atrás de Brasília (R$ 286,9 bilhões ou 30,78%), Goiânia (R$ 59,8 bilhões ou 6,42%) e Campo Grande (R$ 34,7 bilhões ou 3,73%).

Rondonópolis tem o segundo maior PIB do estado, com R$ 17,2 bilhões, seguido por Sorriso (R$ 12,5 bilhões), Várzea Grande (R$ 9,9 bilhões) e Sinop (R$ 9,6 bilhões). Sapezal (R$ 6,9 bilhões), Primavera do Leste (R$ 6,9 bilhões), Campo Novo do Parecis (R$ 6,9 bilhões), Lucas do Rio Verde (R$ 6,8 bilhões) e Nova Mutum (R$ 6 bilhões) também integram a lista.

A pesquisa leva em conta os valores adicionados brutos dos três grupos de atividade econômica: Agropecuária, Indústria e Serviços – além da Administração, defesa, educação e saúde públicas e seguridade social, devido à importância dessa atividade na economia brasileira –, bem como os impostos, líquidos de subsídios, sobre produtos; o PIB; e o PIB per capita. Essas informações, além de estabelecerem relações macroeconômicas, possibilitam traçar o perfil econômico de cada um dos municípios brasileiros.

O PIB per capita do Brasil foi de R$ 42.247,52 em 2021. Na comparação do PIB per capita dos municípios das capitais, Cuiabá ficou na 7ª colocação em 2021, com R$ 47.700,88, atrás de Brasília, São Paulo, Porto Alegre, Rio de Janeiro e Curitiba. A razão entre o PIB per capita de Cuiabá e o PIB per capita do Brasil passou de 0,98, em 2002, quando estava na 12ª posição entre as capitais, para 1,13, em 2021, em 7º lugar nesse ranking.

Na análise dos 100 maiores municípios do país em termos de PIB, Mato Grosso tem dois representantes: Cuiabá, na 43ª colocação e, Rondonópolis, na 78ª. Em 2021, 11 municípios brasileiros responderam por quase 25% do PIB nacional (R$ 9 trilhões) e 16,6% da população brasileira, e as 87 cidades de maiores PIBs representavam, aproximadamente, 50% do total e 36,7% da população do país. Em 2002, no entanto, apenas quatro municípios somados representavam cerca de ¼ da economia nacional.

No Centro-Oeste, os municípios das capitais participavam com 44,1% do PIB, uma vez que Brasília (DF), por ser a capital do país, sozinha representava 30,8% da região. Os municípios das capitais do Norte respondiam por 36,3% do PIB regional; os dos estados das regiões Sudeste e Nordeste somavam 28,1% e 27,7%, respectivamente; e os da região Sul registraram 13%, a menor participação no contexto regional.

Já entre os 100 maiores municípios brasileiros em relação ao valor adicionado bruto da Agropecuária, porém, 30 são de Mato Grosso. Sapezal é a primeira cidade nesse ranking brasileiro, com R$ 5 bilhões, seguido por Sorriso (R$ 4,2 bilhões). Diamantino (R$ 4 bilhões) aparece em quarto lugar, Campo Novo do Parecis em quinto (R$ 3,9 bilhões), Campo Verde (R$ 2,6 bilhões), em oitavo e, Nova Mutum (R$ 2,5 bilhões), em nono.
Imprimir