Imprimir

Imprimir Notícia

02/12/23 às 07:59

Governo promete abrir segunda pista na FEB em Várzea Grande até janeiro

Empresários, vereadores e membros da sociedade civil organizada foram recebidos nesta quinta-feira (30/11) pelo secretário de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra), Marcelo Padeiro, para tratar de assuntos envolvendo as obras do Ônibus de Transporte Rápido (BRT) na avenida da FEB, em Várzea Grande. 

O modal de transporte público será implantado em substituição ao VLT (Veículo Leve sobre Trilhos) e vai interligar os municípios de Cuiabá e Várzea Grande e, enquanto as obras ocorrem, o trânsito na via ocorre lentamente por estar apenas com uma pista de ida e uma de volta. 

Os empresários relatam que a interdição nas principais vias que dão acesso ao Centro de Várzea Grande e ao aeroporto, impacta o comércio local. “Vemos uma redução drástica no movimento nas vias. Os clientes evitam vir para Várzea Grande pela lentidão no trânsito. Esses são os relatos de revendedores de combustíveis, concessionários, lojistas e outros comerciantes”, explica Fábio Marques, diretor do Sindipetróleo (Sindicato que representa os postos) e que esteve nesta reunião.  

O vereador por Várzea Grande, Rogerinho da Dakar, lembrou que os empresários já acumulam prejuízos nesses dez anos de obras inacabadas. “Os comerciantes com empresas na avenida da FEB já foram extremamente prejudicados com as obras da Copa, isso sem falar nos acidentes, comentou. 

Deputados e empresários tem denunciado a ausência de trabalhadores atuando no local e que muitas vezes o que se vê são máquinas paradas foram encontradas no local. Ao ser questionado sobre o prazo de liberação das vias, o secretário prometeu que até o fim de janeiro serão abertas dos dois lados uma segunda via, o que irá melhorar o fluxo no local e que medidas para fazerem as obras avançarem estão em andamento.


Simone Alves 
Ass. de Imprensa Sindipetróleo  Imprimir