Imprimir

Imprimir Notícia

26/10/23 às 18:13 | Atualizada: 26/10/23 às 18:18

Com investimento de R$ 100 milhões, Governo finaliza asfaltamento de trecho da MT-130 em Paranatinga

O Governo de Mato Grosso finalizou as obras de asfaltamento de 86,98 quilômetros da MT-130, entre o Distrito de Santiago do Norte e o Rio Ronuro, no município de Paranatinga. A obra estava dividida em dois lotes e foi executada com investimento superior a R$ 100 milhões.

O asfalto na MT-130 significa a abertura de um novo corredor logístico em Mato Grosso. O Distrito de Santiago do Norte está localizado em uma região de crescente produção agropecuária e a rodovia facilitará o transporte da produção, impulsionando a economia, além de garantir mais qualidade de vida à população.

A obra também faz parte do planejamento estratégico para melhorar a infraestrutura do Estado. A MT-130 é uma rodovia que permite o tráfego de Rondonópolis, na região Sul, até a BR-163, passando por Poxoréu, Primavera do Leste, Paranatinga e Feliz Natal.

A atual gestão já asfaltou 150 km da rodovia e construiu cinco pontes de concreto. 

Além deste trecho concluído agora, foram asfaltados 44 quilômetros entre Paranatinga e a comunidade de Sete Placas. Outro trecho de 24 quilômetros, próximo a Santiago do Norte, teve o contrato rescindido por descumprimento do cronograma. Uma nova empresa será contratada.

MT-130 entre Santiago do Norte e Rio Ronuro
Créditos: Fiscalização/Sinfra-MT

Há ainda um trecho de 83,4 km que passa no entorno da Terra Indígena Marechal Rondon. Para conseguir asfaltar esse trecho, a Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra-MT) contratou um Estudo de Componente Indígena exigido para conseguir licitar as obras. Mas, para garantir as condições de trânsito, uma licitação foi realizada para a manutenção deste trecho não pavimentado.

“Paranatinga é uma nova fronteira agrícola de Mato Grosso e a MT-130 será importante para a região, que tem cada vez mais recebido novos empreendimentos. Além disso, é uma estrada que aproxima regiões e atende todos os cidadãos que têm o direito de se locomover em estradas asfaltadas”, afirmou o secretário de Infraestrutura, Marcelo de Oliveira.

Paranatinga tem a segunda maior malha rodoviária de Mato Grosso. Apenas o trecho da MT-130 entre o município e o Rio Ronuro tem 238,7 km de extensão, distância superior a que separa Cuiabá de Cáceres, ou Rondonópolis, por exemplo. Já o distrito de Santiago do Norte está localizado no entroncamento com a BR-242, rodovia incluída no Programa de Aceleração do Crescimento, do Governo Federal.

O prefeito de Paranatinga, Marquinhos do Dedé, destacou que o asfaltamento da MT-130 irá beneficiar toda a população de Mato Grosso. “Esse asfalto traz benefícios não só para Paranatinga, como para todos os municípios no entorno, desde o Vale do Araguaia até o Nortão. A gente fica muito feliz com esse grande trabalho do governador Mauro Mendes pela logística do Estado”, afirmou.
Imprimir