Imprimir

Imprimir Notícia

09/09/23 às 21:50

RS: Governo decreta estado de calamidade pública em 79 municípios afetados pela chuva

Chuvas intensas causaram enchentes e afetaram 83 municípios do Rio Grande do Sul, de acordo com boletim divulgado na manhã desta sexta-feira (8). Por isso, foi publicado em edição extra do Diário Oficial do Estado, o decreto que declara estado de calamidade pública em 79 cidades gaúchas atingidas pelos eventos climáticos. Segundo o governo do estado, os critérios para a decretação foram a ocorrência de alagamentos, granizo, inundações, chuvas volumosas, enxurradas e vendavais de intensidades elevadas. Após a publicação, o decreto tem validade de 180 dias.

No Rio Grande do Sul, a Defesa Civil registrou até a manhã desta sexta-feira (8), 41 mortes em onze municípios do Rio Grande do Sul. De acordo com o boletim, 25 pessoas estão desaparecidas, oito em Arroio do Meio; oito em Lajeado e nove em Muçum. No total, 3.046 pessoas estão desabrigadas e 7.781 desalojadas.

A tabela completa com o boletim está disponível no site oficial do governo do Rio Grande do Sul.

O governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, afirma que a prioridade no momento é proteger vidas e cuidar das vítimas afetadas pelas chuvas e enchentes, até que a situação esteja estabilizada.  “O foco é resgatar as pessoas. Há muitas famílias ainda sobre os telhados de casas, depois [da chuva] ter atingido o Vale do Taquari, Muçum, Roca Sales, Encantado, Lajeado, que especialmente foram atingidos, e onde a gente teve um volume de mortes já confirmadas, que é a maior já registrada num evento climático para o estado”, informa.

De acordo com o governador, os municípios contam com apoio de aeronaves, botes e barcos para resgatar as pessoas. Ele ainda explica que devido ao clima, o solo está encharcado e os rios estão cheios, por isso, qualquer chuva pode gerar um novo comprometimento. “As nossas equipes estão mobilizadas para fazer o atendimento e os alertas, especialmente para essas comunidades, que as podem achar que voltar para suas casas eventualmente seja seguro, porque já passou o pior, mas tem que ficar atento, porque os rios podem voltar a subir rapidamente se confirmarem previsões de chuvas", completa.

A previsão do tempo para esta sábado (9) é de muitas nuvens, com possibilidade de pancadas de chuva isoladas e  trovoadas no Rio Grande do Sul, exceto no sudoeste do estado, onde ficam os municípios de Campanha Ocidental, Campanha Central e Campanha Meridional. As informações são do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet).

Veja os municípios em estado de calamidade:
Rodovias com bloqueios
Segundo informações do Comando Rodoviário da Brigada Militar, há dez trechos com bloqueios totais ou parciais em seis rodovias. Além disso, duas pontes foram destruídas pelas chuvas; uma na ERS-448, entre Farroupilha e Nova Roma do Sul; e a outra na ERS-431, em Bento Gonçalves, no limite com São Valentim do Sul.
Bloqueios totais:
Bloqueios parciais: Imprimir