Imprimir

Imprimir Notícia

01/07/23 às 21:47

Ditadura da Venezuela torna inelegível principal adversária de Maduro

Maria Corina Machado, líder da oposição na Venezuela, esta impedida de ocupar cargos públicos nos próximos 15 anos, afirmou a Controladoria-Geral do país.

A ex-parlamentar é a favorita entre 13 candidatos das primárias para enfrentar o ditador Nicolas Maduro nas eleições do próximo ano.

De acordo com o órgão, Maria Corina já estava enfrentava uma punição e a pena foi ampliada após a candidata apoiar sanções dos Estados Unidos contra o regime de Maduro.
 
Maria também não pode deixar a Venezuela. A oposição alega, há anos, que as proibições são usadas pelo partido no poder para impedir mudanças políticas.

“O regime recorre a desqualificações e proscrições para se manter no poder e liquidar qualquer semelhança com a democracia enquanto aprofunda a crise política, social, humanitária e econômica que o país vive”, disse a Organização dos Estados Americanos, com sede em Washington, em um comunicado, rejeitando a decisão e pedindo eleições livres e transparentes.
Imprimir