Imprimir

Imprimir Notícia

05/05/23 às 11:46

Recuperação da economia só em 2024, diz 38% da população do Centro-Oeste

Boa parte das pessoas que vivem na região Centro-Oeste está pessimista com relação à recuperação da economia do país e só acredita que a situação vai melhorar em 2024. Os dados são da última pesquisa RADAR Ipespe Febraban, divulgada neste início de maio. Os que projetam essa recuperação apenas no próximo ano somam 38%; os que já identificam uma recuperação somam apenas 15%, enquanto 23% pensam que ela virá ainda em 2023.
 
A pesquisa revela ainda que o pessimismo é menor com as finanças pessoais e da família: 26% dizem que já se recuperaram, 26% aguardam essa recuperação este ano e 24% só projetam isso para 2024.
 
O levantamento indica que 17% acreditam que o país já voltou a crescer no ano passado, enquanto 33% esperam que esse crescimento aconteça em 2023 e outros 32% projetam essa retomada apenas para depois deste ano.
 
Para os próximos seis meses, 39% acham que o desemprego vai aumentar e 47% apostam que vai diminuir. Outras percepções detectadas na pesquisa: a taxa de juros deve aumentar para 54% e diminuir para 23%; e a inflação aumenta na opinião de 51% e diminui para 31%.
 
Realizada entre os dias 14 e 19 de abril, com 2 mil pessoas nas cinco regiões do País, esta edição do RADAR FEBRABAN mapeia as expectativas dos brasileiros sobre este ano, tanto em relação à vida pessoal, quanto em relação à política e à economia do país.
Imprimir