Notícias / Curiosidades

22/03/17 às 14:13

O que é mito e o que é verdade sobre o uso de geladeiras

Marina Fernandez

AguaBoaNews

Imprimir Enviar para um amigo
O que é mito e o que é verdade sobre o uso de geladeiras

Foto: Divulgação

Há muitas lendas urbanas no que diz respeito aos cuidados com a casa. E quem teve a sorte de conviver com a avó durante algum tempo, conhece bem todas elas. Em relação às geladeiras, os mitos parecem se multiplicar. Mas o que fazer? E o que não fazer de jeito nenhum?

Certamente, a tecnologia da chamada linha branca avançou muito nos últimos anos, mas alguns cuidados se mostram atemporais para preservar o eletrodoméstico.

Os mitos para descartar

Dizem que é possível ligar e desligar o refrigerador a qualquer momento após transportá-la, sem grandes danos. Infelizmente, isso é um mito. É preciso esperar no mínimo duas horas para ligá-la novamente, pois o óleo e o gás presentes na parte interna do aparelho precisam assentar.

Outro mito comum é a efetividade de secadores e de equipamentos do gênero para ajudar na hora do degelo. Evite isso a qualquer custo, pois essa prática pode danificar seriamente seu aparelho.  

Em relação aos odores, quem não se lembra daquele punhado de café que as avós colocavam no interior do eletrodoméstico para eliminar outros cheiros desagradáveis? Pois, então, isso funciona muito bem. Mas caso você não goste do aroma do café, é mais simples optar pelo uso de filtros específicos para desodorização.

O último dos mitos elementares se refere à possibilidade de secar roupas na parte traseira do eletrodoméstico, ou seja, nas "grades" dele. Ora, isso é verdade até certo ponto, mas digamos que não é um método adequado. O condensador não funcionará direito devido ao trabalho extra que vai precisar executar. Então, evite.

As verdades para adotar

Quando sua avó dizia para não ficar abrindo e fechando a geladeira, ela estava completamente certa. A saída de ar frio a todo instante prejudica diretamente a capacidade do equipamento para manter a temperatura interna ajustada. Da mesma forma, mantê-la próxima a itens quentes, como fogão e micro-ondas, pode reduzir sua eficiência. Devido às fontes de calor no entorno, o eletrodoméstico precisa gastar mais energia para continuar frio.

Uma realidade conquistada com avanço tecnológico foi a alternativa frost free. Como o próprio nome já diz, esta opção é livre da necessidade de degelo - ao menos reza a lenda. Há algumas décadas, ninguém poderia sonhar com tal avanço. Além disso, essa alternativa também evita a propagação de odores devido à alta circulação de ar. Uma peça quase emblemática no segmento.

Por fim, uma das verdades mais inquestionáveis ao longo das gerações: não coloque alimentos quentes dentro do refrigerador. Ok, você acabou de fazer comida e quer deixar a cozinha em ordem logo. Mas vai precisar esperar um pouco. O calor altera a temperatura interna do aparelho. Além disso, tornará o ambiente interno mais suscetível à presença de microrganismos, o que gera risco de contaminação dos alimentos.

comentar  Nenhum comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agua Boa News. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agua Boa News poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 
 
Sitevip Internet