Notícias / Saúde e Ciência

20/07/15 às 14:16

Homem achado vivo em necrotério é transferido para UTI de hospital de MT

Paciente foi considerado morto e enviado ao necrotério do Pronto-Socorro. Vitalino Ventura, de 58 anos, foi transferido para UTI na noite de domingo.

Denise Soares Do G1 MT

Imprimir Enviar para um amigo
 
Um homem de 58 anos, que passou quase uma hora no necrotério do Pronto-Socorro Municipal de Cuiabá (PSMC), mesmo estando vivo, foi transferido na noite deste domingo (19) para uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do mesmo hospital. A família de Vitalino Ventura da Silva denuncia a falta de assistência ao paciente, internado na última quarta-feira (15) no PSMC e dado como morto por quase uma hora na sexta-feira (17).

Ainda no domingo, a secretária-adjunta de Planejamento e Operações da Secretaria Municipal de Saúde, Iracema Queiroz, informou que considera o fato uma falha inadmissível e que a partir desta segunda-feira (20) seriam tomadas as providências cabíveis para o caso. No entanto, o PSMC ainda não se pronunciou sobre o assunto e nem divulgou quais medidas foram adotadas nesta segunda-feira.

O caso
Vitalino chegou ao hospital com falta de ar e sofreu duas paradas cardiorrespiratórias. O paciente já tinha a saúde debilitada e respirava com a ajuda de um aparelho colocado na traqueia. Vitalino não fala, pois há um ano teve câncer na laringe, que foi retirado.
 
Vitalino Ventura da Silva foi transferido para a UTI do Pronto-Socorro de Cuiabá. (Foto: Reprodução/TVCA)Vitalino Ventura da Silva foi transferido para a UTI do
Pronto-Socorro de Cuiabá. (Foto: Reprodução/TVCA)
Na sexta-feira ele foi considerado como morto e enviado ao necrotério, com algodão tampando as narinas e gazes na saída da traqueia. Uma pessoa que passava pelo corredor próximo ao necrotério percebeu que Vitalino, coberto por lençóis, estava respirando e gravou o vídeo. A família foi até comunicada da morte por telefone, mas quando chegou ao PSMC, uma hora depois para providenciar o velório, viu que o paciente estava vivo e de volta à sala vermelha.

“Ontem transferiram ele pra UTI, mas ele está cada vez pior. Os batimentos cardíacos dele caíram um pouco. Ele foi transferido da Ala Vermelha para a UTI”, disse ao G1 o filho de Vitalino, Joilson Ventura da Silva. A transferência do paciente era necessária para um diagnóstico e exames do que realmente ocorre na saúde de Vitalino.

Os filhos de Vitalino vão fazer uma visita ao pai ainda na manhã desta segunda-feira. “Ninguém nos procurou ainda e nem deram justificativa sobre o que ocorreu”, comentou Joilson.
 
Relatório escrito à mão pela médica que atendeu o paciente descreve a morte de Vitalino. (Foto: Reprodução/TVCA)Relatório escrito à mão pela médica que atendeu o paciente descreve a morte de Vitalino. (Foto: Reprodução/TVCA)
 
O único documento que a família teve acesso foi um um relatório escrito à mão pela médica que atendeu o paciente e descreveu a morte. “Parada cardíaca, opto por não reanimar devido à gravidade do caso e à falta de prognóstico. À meia-noite, ela relatou que o “paciente retorna do necrotério apresentando movimentos respiratórios espontâneos”.

comentar  Nenhum comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agua Boa News. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agua Boa News poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 
 
Sitevip Internet