Notícias / Esportes

18/04/16 às 13:14

Técnicos e professores analisam a primeira rodada da competição em Nova Xavantina

Ao todo 89 equipes, de 31 municípios da região Leste, participam do evento na cidade de Nova Xavantina

Marcio Camilo | Seduc-MT

Edição para Agua Boa News, Clodoeste Kassu

Imprimir Enviar para um amigo
Técnicos e professores analisam a primeira rodada da competição em Nova Xavantina

Foto: Lafaete Lima - Seduc-MT

Técnicos e estudantes avaliaram a primeira rodada dos Jogos Escolares da Juventude (etapa regional), que começou neste sábado (16) na cidade de Nova Xavantina.  A competição – nas modalidades de handebol, vôlei, futsal e basquete – prossegue até a próxima quinta-feira (20).

Para o chefe da delegação de Barra do Garças, professor José Carlos Salomoni, os estudantes tiveram muita disposição em quadra na primeira rodada. No entanto, ele ponderou que o nível técnico das equipes precisa melhorar. “Eu vi muita garra e vontade de vencer dos estudantes, mas a técnica precisa ser trabalhada”, observou.

Já o técnico de vôlei da Escola Estadual Arthur da Costa e Silva, de Torixoréu, professor Robson Ney, gostou do nível das jogadoras da categoria A (de 15 a 17 anos). Ele destacou que o vôlei de Barra do Garças está muito forte e é um dos favoritos para vencer a competição.

A equipe dele não foi bem na rodada, perdeu de 2 sets a 0. Mas Ney destacou que o importante é que as garotas se divirtam na competição. “Eu oriento elas a darem o seu melhor, mas principalmente a se divertirem dentro de quadra. Esses jogos não podem ser apenas competição, tem que ter a questão educativa também”.

Sobre a questão educativa, o professor enfatizou que os técnicos das equipes melhoraram muito nesse sentido, principalmente por conta do trabalho desenvolvido pela Secretária Adjunta de Esporte e Lazer, no sentido de orientar os profissionais. “Antes tinham muitos professores que cobravam resultados em excesso dos alunos e chegavam a gritar com eles. Mas atualmente, os professores estão amadurecendo e percebendo que é melhor educar do que competir”.

O jogador de Ribeirãozinho o estudante José Mário, também achou a competição equilibrada na primeira rodada. “Nós vencemos a nossa partida por 4 a 2, mas não foi um jogo nada fácil. Acredito que a competição será assim até o final”, projetou Mário.

A primeira rodada contou com 37 jogos. Ao todo, 89 equipes participam da competição. A segunda rodada da primeira fase começa neste domingo (17) com jogos nas modalidades de handebol, basquete, futsal e vôlei.

Sobre os jogos

Maior competição estudantil do Brasil, os Jogos Escolares da Juventude reúnem jovens de 12 a 14 anos e de 15 a 17 anos, de escolas públicas e privadas de todo o país, em 14 modalidades. A competição foi criada pelo Comitê Olímpico do Brasil em 2005 e conta com o apoio do Ministério do Esporte e do Grupo Globo.

Atualmente, o evento contempla mais de 2 milhões de jovens nas seletivas municipais e estaduais, organizadas pelos estados e municípios, representando 40.000 escolas de 3.950 cidades do Brasil. A fase nacional, organizada pelo COB, reúne em cada faixa etária cerca de 4 mil atletas dos 26 estados da Federação mais o Distrito Federal.

comentar  Nenhum comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agua Boa News. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agua Boa News poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 

veja maisArtigos

Luciano Vacari

Da enxada ao touch

Desde os anos 70 no Brasil, o agro brasileiro vem se desenvolvendo cada vez mais aliado com a ciência e a tecnologia, prova disso é a expansão da fronteira agrícola, a qual levou a soja ao cerrado, um bioma não...

 
 
 
 
Sitevip Internet