Notícias / Policial

15/06/24 às 19:46 / Atualizada: 15/06/24 às 20:41

Golpe do falso sequestro: mulher transfere R$ 20 mil e entrega R$ 300 mil em joias a criminosos por achar que filha tinha sido sequestrada em Goiânia

Segundo PM, caso foi solucionado após funcionários de banco desconfiarem quando a vítima tentava realizar uma segunda transferência. Suspeito de participar do crime foi preso.

Gustavo Cruz, g1 Goiás

Imprimir Enviar para um amigo
Joias de idosa são furtadas durante golpe do falso sequestro, em Goiânia — Foto: Divulgação/PM
Joias de idosa são furtadas durante golpe do falso sequestro, em Goiânia — Foto: Divulgação/PM

Uma idosa de 78 anos foi vítima do golpe do falso sequestro, transferiu R$ 20mil e entregou cerca de R$ 300 mil em joias para criminosos, após acreditar que a filha tinha sido sequestrada, em Goiânia. Segundo a Polícia Militar (PM), o caso foi solucionado após os funcionários do banco da idosa desconfiarem quando ela tentou realizar uma segunda transferência de R$ 20 mil no mesmo dia.

Tárcio Tocantins Costa, advogado de defesa de um dos suspeitos preso, informou ao g1 que o homem passou por audiência de custódia e a Justiça decidiu mantê-lo preso. Segundo Tárcio, o suspeito afirma ter sido ameaçado e coagido a praticar o crime.

"Já pedimos a gravação da ligação em que os criminosos ameaçam ele, compelindo a executar o ato criminoso. Logo, estaremos pedindo um habeas corpus do cliente e fazendo a defesa devida para o caso", afirmou a defesa.

 
O caso aconteceu na sexta-feira (14). Os relatos da PM apontam que os criminosos entraram em contato com a idosa por ligações telefônicas durante a madrugada, dizendo que tinham sequestrado a filha dela.

À polícia, a idosa afirmou que durante a ligação, era possível ouvir a voz de uma mulher ao fundo se passando por sua filha, e que pedia para a vítima entregar as joias que tinha para salvá-la. Como forma de manipulação, os criminosos exigiam que a vítima ficasse online em vídeo chamada com eles para monitorarem o que ela fazia e impedir que a idosa ligasse para a filha, informou a PM.
 
Por volta de 10h da sexta-feira, a vítima foi até o banco e transferiu R$ 20 mil para os criminosos. Às 11h, os golpistas coagiram a idosa a informar seu endereço, abrir o portão da residência e deixar uma sacola com as joias em frente ao portão.
 
As câmeras de segurança da casa da vítima mostram o momento em que um homem passa pela rua, pega a sacola e vai embora (veja acima). Após ter as joias furtadas, os criminosos exigiram outra transferência de R$ 20 mil.
 
Ainda segundo a Polícia Militar, na tentativa de fazer a nova transferência, os funcionários do banco estranharam a ação e questionaram a idosa, que informou no ouvido do gerente do banco que estava sendo assaltada. Após a denúncia, o gerente ligou para a filha da vítima, teve a certeza de que tudo se tratava de um golpe e acionou os policiais.  
 
Prisão de suspeito  
 
Jovem de 28 anos preso suspeito de participar de golpe do falso sequestro, em Trindade — Foto: Divulgação/PM
Jovem de 28 anos preso suspeito de participar de golpe do falso sequestro, em Trindade — Foto: Divulgação/PM
 
No vídeo registrado pelas câmeras de segurança, é possível ver um carro prata passando pela rua. Após suspeitas dos policiais, a placa do carro foi investigada e chegaram até o endereço do motorista cadastrado no veículo.
 
Ao chegarem no endereço do condutor, foram informados de que o carro estava alugado para um terceiro, que usava o veículo para transporte de passageiros por aplicativo, mas que possuía rastreador. Após conseguirem a localização do carro, encontraram o veículo e o suspeito de participação no crime, que confessou ter pegado as joias.
 
O homem que aparece nas imagens das câmeras de segurança, de 28 anos, foi preso em Trindade. As joias furtadas foram recuperadas e entregues de volta à idosa. Os militares informaram que o suspeito possuía passagens pelos crimes de estelionato e associação criminosa.
 
Outros suspeitos de envolvimento no caso não foram localizados.
 

comentar  Nenhum comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agua Boa News. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agua Boa News poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 
 
Sitevip Internet