Notícias / Policial

06/06/24 às 13:13

Polícia recupera dois veículos e troca tiros com ladrões após roubo em Sinop; vítima transferiu R$ 20 mil

Ana Dhein e Fabiano Marques

Só Notícias

Imprimir Enviar para um amigo
Foto: Só Notícias/Fabiano Marques

A Polícia Militar recuperou uma BMW azul e VW Golf branco, esta manhã, na estrada Geralda, próximo à comunidade Nossa Senhora Aparecida. Dois ladrões fizeram moradores reféns em uma residência, além de obrigar um deles a realizar transferência PIX no valor de R$ 20 mil. Durante a ação, houve troca de tiros, em seguida assaltantes fugiram pelo milharal, conforme explicou o sargento Gama.

“Fizeram vítimas reféns naquela casa. Ali eles torturaram psicologicamente as vítimas, onde fizeram um PIX de R$ 20 mil. Eles fugiram após 2 horas com as vítimas amarradas na residência e quando a vítima se soltou, ela informou para Polícia Militar. Desde então, foram realizadas diligências, a equipe de inteligência conseguiu verificar um apoio no bairro Daury Riva e iniciou-se acompanhamento desses suspeitos”, explicou o policial militar.

“Eles desobedeceram à ordem para que fossem parados e abordados, houve intenso acompanhamento até a região aqui, onde teve troca de tiros. Um estava com simulacro e outro com uma pistola cromada, adentraram região do milharal. Não sabemos ainda se tem feridos, tendo em vista que a região é fechada aqui”, acrescentou o sargento.

O PM também informou que durante a fuga, os assaltantes se envolveram em acidente com os veículos das vítimas. “Foram recuperados os dois veículos, apreendido um simulacro de arma de fogo. Encontram-se foragidos na região dois homens e estamos fazendo o cerco para capturar esses meliantes”.

Uma das vítimas relatou o momento em que os ladrões invadiram a residência. “Abriram minha janela, quando olhei para cima já estavam eles com a arma apontando pra mim. Levantei, coloquei a mão na cabeça e deitei, eles me amarraram, passaram fita na minha boca pra não gritar e não acordar ele (segunda vítima), aí partiram pro quarto dele”, contou.

A segunda vítima falou que chegou a ouvir o momento em que os criminosos renderam o amigo. “Estavam umas colegas nossas lá também, ouvi eles passando a fita na boca dele, peguei a minha colega e falei ‘isso aí é um assalto’, abri a porta e eles entraram pro meu quarto falando que era polícia e não sei o que, eu fiquei de boa, eles me passaram a fita e me pediram dinheiro. Eles bateram em nós dois, toda hora ficaram falando de um policial da cidade, falando que iam matar a gente, nos levar para o Teles Pires”, detalhou.

“Na hora que eles saíram, já quebrei as enforca-gato que estavam no meu braço, tirei ele (outra vítima), pulei a janela e liguei para a polícia. Nos encapuzaram, ficavam pedindo dinheiro. Eram dois (criminosos)”, explicou, uma das vítimas.

Foto: Só Notícias/Fabiano Marques

comentar  Nenhum comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agua Boa News. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agua Boa News poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 
 
Sitevip Internet