Notícias / Policial

24/05/24 às 18:21

Mulher que furtava residências onde trabalhava é presa pela Polícia Civil em Barra do Garças

Investigações apontaram que a investigada vendia os objetos furtados para conseguir valores em dinheiro

Redação

AguaBoaNews

Imprimir Enviar para um amigo
Mulher que furtava residências onde trabalhava é presa pela Polícia Civil em Barra do Garças

Foto: Assessoria PC

Uma mulher investigada por crimes de furto por abuso de confiança teve o mandado de prisão cumprido pela Polícia Civil, na manhã desta sexta-feira (24.05), após investigações conduzidas pela equipe da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) de Barra do Garças com apoio da Delegacia Regional de Primavera do Leste. 

A mulher que cometia os furtos de diversos objetos em residências onde trabalhava como doméstica teve o mandado de prisão expedido pela Segunda Vara Criminal de Barra do Garças, com base nos fatos apurados pela Derf.

A suspeita, que era funcionária da residência da vítima, já foi investigada em outras ocorrências de furto por abuso de confiança e tinha o hábito de subtrair objetos de valor econômico nos locais onde prestava serviços domésticos. Ainda segundo as investigações, os objetos furtados posteriormente eram vendidos pela investigada.

Com a ordem de prisão decretada pela Justiça, os policiais da Derf Barra do Garças iniciaram as diligências em buscas da suspeita, que atualmente reside na cidade de Primavera do Leste. Após troca de informações entre as equpes da Derf Barra do Garças e da Delegacia Regional de Primavera do Leste, foi possível localizar a suspeita escondida na residência da sogra, no barro Vila Mariana, em Barra do Garças.

Quando os policiais chegaram ao endereço, a proprietária da residência tentou impedir que a equipe desse cumprimento ao mandado, ocultando a suspeita em um dos quartos da casa, razão pela qual também foi conduzida à Central de Flagrantes, onde foi lavrado um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) por favorecimento pessoal.

Após ter o mandado de prisão cumprido, a investigada foi encaminhada para audiência de custódia, sendo posteriormente conduzida à unidade prisional feminina de Nova Xavantina.

comentar  Nenhum comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agua Boa News. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agua Boa News poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 
 
Sitevip Internet