Notícias / Policial

23/05/24 às 21:24 / Atualizada: 23/05/24 às 21:32

182 Anos da Instituição - Em manhã de emoções, Polícia Civil homenageia 130 policiais que ajudam a construir legado centenário da instituição

Mérito Policial contemplou policiais civis da Regional de Cuiabá e da Diretoria Geral, com medalhas a quem completou, respectivamente 30, 20 e 10 anos de serviços prestados

Raquel Teixeira | Polícia Civil-MT

AguaBoaNews

Imprimir Enviar para um amigo
182 Anos da Instituição - Em manhã de emoções, Polícia Civil homenageia 130 policiais que ajudam a construir legado centenário da instituição

Foto: Assessoria PC

Uma manhã de emoção e recordações marcou a entrega das homenagens de Mérito Policial a investigadores, escrivães e delegados, em comemoração aos 182 anos da Polícia Civil, nesta quinta-feira (23.05).

O Mérito Policial contemplou 130 policiais civis, da Regional de Cuiabá e da Diretoria Geral, com medalhas nas categorias ouro, prata e bronze a quem completou, respectivamente 30, 20 e 10 anos de serviços prestados à instituição.

Representando os homenageados, o delegado Christian Alessandro Cabral destacou os avanços obtidos ao longo das últimas décadas, de uma instituição que saiu do papel, do talonário preenchido à mão e da máquina de datilografia para modernos sistemas policiais que permitem investigações mais qualificadas.

“Foi meu primeiro emprego e sei que a Polícia Civil ocuparia a maior parte do enredo meu e de tantos colegas de profissão. Vi boletins e ocorrências preenchidos em talonários de papel, inquéritos produzidos em máquinas datilográficas e autos de prisões serem encaminhados por ônibus ao juiz da comarca, mas também vi a transformação ao longo das últimas décadas e hoje temos uma das melhores remunerações de pessoal no país. Vi a Polícia Civil se transformar em uma polícia altamente tecnológica e hoje somos vanguarda na investigação porque temos profissionais também valorosos”, pontuou o homenageado.



O diretor Metropolitano, delegado Wagner Bassi Jr., falou da dedicação dos homenageados à instituição e estendeu os agradecimentos aos familiares, que indiretamente também se doam pelo trabalho diário à instituição. “Nossos policiais atuam diariamente não apenas respondendo a chamadas de emergência, mas, especialmente, trabalham para trazer justiça às vítimas. A todos vocês, nosso obrigado!”.

A delegada-geral, Daniela Silveira Maidel, lembrou do comprometimento e dedicação de dos profissionais em tornar uma instituição moderna e forte em seus 182 anos de criação. “Nós, policiais civis, dedicamos em média, 30 anos de nossas vidas a esse trabalho árduo e diário. E quando cada um de vocês olhar para essa medalha tenha a certeza de que aí está o reconhecimento de uma instituição centenária que cada um ajudou a construir e solidificar.



“E nesse percurso, constituímos família, tivemos filhos e sonhos e enfrentamos desafios, sofremos decepções, perdemos pessoas importantes e continuamos aqui, prontos para os desafios que são enormes, como a criminalidade, a tecnologia, a vida moderna, crises e estresse. Mas temos que enfrentá-los e buscar de forma, incansável, soluções para esses problemas e sem esquecermos de nossa responsabilidade e força como Polícia Judiciária Civil”, frisou emocionada a delegada-geral.

Como parte das comemorações pelo aniversário da Polícia Civil, que nesta sexta-feira completa 182 anos, 409 escrivães, delegados e investigadores em todo o estado receberam a homenagem, que já foi entregue em diversas regionais.
 


O delegado Walter Furtado Filho, secretário adjunto de Inteligência da Sesp, lembrou do início da carreira de cada policial, que começa na academia. “Chegando aqui, lembrei do primeiro dia que entramos na academia, onde começaram nossas atividades. E essas lembranças nos acompanham ao longo da carreira e simbolizam o empenho e a dedicação com que a Polícia Civil vem sendo construída ao longo dos anos. Uma instituição é forte com policiais fortes em todos os lugares”, concluiu o secretário.

Encerrando a cerimônia, o secretário adjunto de Segurança Pública, Héverton Mourett, parabenizou a instituição pela política de valorização dos profissionais que fazem a diferença na execução de suas atribuições.

“Certamente todos que hoje são agraciados com essa medalha hoje, se sujeitam ao estresse cotidiano e aos desafios diários que uma instituição policial impõe e, mesmo diante de todas as dificuldades, procuraram fazer a diferença naquilo que fazem, promovendo a qualidade e o comprometimento com o serviço público”, destacou o gestor.
Também participaram do evento o delegado-geral adjunto, Rodrigo Bastos e os diretores da Polícia Civil: Fausto Freitas (Acadepol); Thiago Dmasceno (Interior em substituição); Ana Paula Faria (Execução Estratégica); Vitor Hugo Bruzulato (Atividades Especiais); Juliano Carvalho (Inteligência), Jesset Munhoz (Corregedoria Geral); e o presidente do Sindicato dos Investigadores, Gláucio Castanõn, além de familiares e colegas dos homenageados.


comentar  Nenhum comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agua Boa News. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agua Boa News poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 
 
Sitevip Internet