Notícias / Água Boa

21/12/23 às 08:32 / Atualizada: 06/01/24 às 08:43

Produtor mostra realidade assustadora da safra em MT e afirma manipulação de mercado

Vicente Delgado / Agronews

AguaBoaNews

Imprimir Enviar para um amigo
Produtor mostra realidade assustadora da safra em MT e afirma manipulação de mercado
 
Produtor rural grava vídeo mostrando uma realidade oculta sobre a próxima safra de grãos em Mato Grosso, com cenas de talhão de soja morta devido a estiagem e áreas sem nenhum plantio, produtor estima colheita de “20 a 25 sacas/ha“. Ele também faz afirmações sobre manipulação de mercado para desorientar os produtores “Vamos parar com essa história de 150, 160 milhões de toneladas. Gente, Ajudem o produtor rural. Vamos parar de especulação, parar de maquiar o mercado.

Vídeo: Uma realidade oculta e assustadora

Em entrevista ao Agronews, Jonas José Apio, produtor rural em Água Boa, Mato Grosso, descreve um cenário desafiador enfrentado por muitos agricultores brasileiros. A safra de soja, tão vital para a economia agrícola do país, está sujeita a variáveis climáticas e condições adversas que impactam diretamente o produtor no campo.

A crueldade do clima e suas implicações

Estou aqui hoje, dia 20 de dezembro de 2023, em Água Boa no Mato Grosso, este é um talhão de 300 hectares com a soja já morta. Uma estimativa de colheita de 20 a 25 sacas, um talhão que só tivemos 200 milímetros de precipitação desde de setembro e a soja acabou não resistindo.

Água Boa, e em algumas regiões do Mato Grosso, enfrentou uma escassez alarmante de chuvas. Jonas relata que seu talhão de 300 hectares viu apenas 200 milímetros de precipitação desde setembro, deixando a soja sem resistência. Essa realidade ressalta a vulnerabilidade do setor agrícola, onde a produção está intrinsecamente ligada às condições climáticas imprevisíveis.
 
Produtor rural grava vídeo mostrando uma realidade oculta sobre a próxima safra de grãos em Mato Grosso, com cenas de talhão de soja morta devido a estiagem e áreas sem nenhum plantio, produtor estima colheita de “20 a 25 sacas/ha“. Ele também faz afirmações sobre manipulação de mercado para desorientar os produtores “Vamos parar com essa história de 150, 160 milhões de toneladas. Gente, Ajudem o produtor rural. Vamos parar de especulação, parar de maquiar o mercado.
 
Vídeo: Uma realidade oculta e assustadora

Em entrevista ao Agronews, Jonas José Apio, produtor rural em Água Boa, Mato Grosso, descreve um cenário desafiador enfrentado por muitos agricultores brasileiros. A safra de soja, tão vital para a economia agrícola do país, está sujeita a variáveis climáticas e condições adversas que impactam diretamente o produtor no campo.
 

A crueldade do clima e suas implicações

Estou aqui hoje, dia 20 de dezembro de 2023, em Água Boa no Mato Grosso, este é um talhão de 300 hectares com a soja já morta. Uma estimativa de colheita de 20 a 25 sacas, um talhão que só tivemos 200 milímetros de precipitação desde de setembro e a soja acabou não resistindo.

Água Boa, e em algumas regiões do Mato Grosso, enfrentou uma escassez alarmante de chuvas. Jonas relata que seu talhão de 300 hectares viu apenas 200 milímetros de precipitação desde setembro, deixando a soja sem resistência. Essa realidade ressalta a vulnerabilidade do setor agrícola, onde a produção está intrinsecamente ligada às condições climáticas imprevisíveis.
 
Água boa no Estado, diferente do que outras demais localidades no Mato Grosso. Muita pouca chuva. E essa é a realidade do produtor rural.“, diz.

Produtor mostra realidade assustadora da safra em MT e afirma manipulação de mercado
Talhão de soja morto devido a estiagem – Foto: Jonas Apio

Aperte o play no vídeo relacionado abaixo e confira o depoimento do produtor Jonas A
pio

Vídeo Relacionado

comentar  Nenhum comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agua Boa News. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agua Boa News poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 

veja maisArtigos

Juacy da Silva

Vamos cuidar melhor da nossa 'Casa Comum'?

“Quando os seres humanos destroem a biodiversidade na criação de Deus, quando os seres humanos comprometem a integridade da terra e contribuem para a mudança climática, desnudando a terra de suas florestas naturais...

 
 
 
 
Sitevip Internet