Notícias / Empresas

08/11/23 às 14:11

Toyota atinge produção global de 300 milhões de carros

Marco totaliza cerca de 180,5 milhões produzidos no Japão e 119,6 milhões nos demais países

Guilherme Magna

AguaBoaNews

Imprimir Enviar para um amigo
Toyota atinge produção global de 300 milhões de carros

O modelo com maior produção total é o Corolla, com a série histórica acumulada de 53.399 milhões (no fim de setembro)

Foto: Assessoria

A Toyota Motor Corporation (TMC) atingiu uma produção global acumulada de 300 milhões de carros, incluindo os números de produção de setembro de 2023.

Esse marco foi alcançado em 88 anos e dois meses depois que os primeiros carros da Toyota tiveram a produção iniciada pela Divisão de Produção Automotiva da Toyoda Automatic Loom Works (mais tarde Toyota Industries Corporation), em agosto de 1935. Incluindo produtos nacionais e internacionais, foram 180,5 milhões de carros produzidos no Japão e 119,6 milhões nos demais países (números de janeiro a setembro deste ano). 

“Kiichiro Toyoda disse, ‘fazer carros é algo que todos fazem juntos'. Acredito que este número de 300 milhões é uma prova de todo o trabalho árduo diário dos nossos colegas da Toyota, dos nossos fornecedores e concessionários, e todos os demais stakeholders, bem como todos aqueles que vieram antes de nós. Esta história não começou apenas quando construíram o primeiro carro. Os membros fundadores tentaram e falharam repetidamente, continuamente construindo protótipos, e seus esforços levaram à Toyota de hoje. A Toyota enfrentou perigo repetidas vezes até este ponto. O que nos auxiliou a chegar até aqui são os clientes que amam a marca. Acho que o número de carros conta as histórias dos nossos clientes, e os clientes que escolheram os carros da Toyota para serem seus parceiros através das suas próprias histórias são o que nos permite continuar a fazer carros até hoje. Sou grato do fundo do meu coração. Eu também amo carros, e vamos continuar fazendo carros, um por um e com cuidado, junto com todos os nossos colegas amantes de carros”, comenta Akio Toyoda, Chairman da Toyota Motor Company.

O modelo com maior produção total é o Corolla, com a série histórica acumulada de 53.399 milhões (no fim de setembro).

O presidente da Toyota, Koji Sato, fez o seguinte comentário sobre esse marco: “Quero expressar a minha sincera gratidão aos clientes que escolheram os carros da Toyota e àqueles que construíram cada carro com coração e alma, bem como aos fornecedores e concessionários que os entregaram com cuidado, e a todas as outras partes interessadas. Acredito que esse número de 300 milhões de unidades só poderia ter sido alcançado com o esforço incessante dos colegas de toda a empresa, desde o planejamento e design de peças e veículos até a produção, logística, vendas e serviços, juntamente com todos aqueles que trabalham para apoiar cada etapa. Todos os nossos colegas superaram inúmeros desafios”.

“Só nos últimos anos, assistimos a desastres naturais como o Grande Terremoto no leste do Japão e eventos imprevisíveis como incêndios ou a pandemia de Covid-19 e escassez de chips. Toda vez que enfrentamos o perigo de não poder fazer carros, todos trabalharam juntos para restaurar ou adaptar a produção. No futuro, teremos a certeza de nunca esquecer todos aqueles que apoiaram a nossa produção e daremos o nosso melhor para fazer carros cada vez melhores e trazer sorrisos aos rostos dos clientes”, finaliza Sato. 

Lucro em alta

Neste mês, a Toyota revisou sua previsão de lucro operacional em 50% após registrar um marco em ganhos trimestrais devido a um iene mais fraco, que impulsionou a receita da demanda global por veículos e melhorou as cadeias de suprimentos.

Outro recorde da empresa é refletido na venda de 5,6 milhões de veículos entre abril e setembro, que aproxima a Toyota de alcançar sua meta anual de 11,4 milhões de unidades e manter sua posição como a maior montadora do mundo. Com os números, que também mostram como a demanda por seus powertrains híbridos e a combustão permanece, o lucro operacional da montadora deve chegar a 4,5 trilhões de ienes no ano fiscal até março, superando a estimativa média dos analistas de 1,1 trilhão de ienes. Já as vendas líquidas subiram 24%, para 11,4 trilhões de ienes, e as ações da Toyota tiveram um aumento notável de 50% no ano.

Além disso, a empresa está intensificando seus esforços em veículos elétricos, investindo US$ 8 bilhões em uma fábrica na Carolina do Norte para a produção de baterias para modelos totalmente elétricos e híbridos plug-in e acelerando o desenvolvimento de baterias de estado sólido para carros elétricos, uma vez que a demanda por powertrains híbridos e a combustão permanece forte. Entretanto, a Toyota reduziu sua meta de vendas de veículos elétricos (VE) para o ano fiscal atual, passando de 202 mil unidades para 123 mil.

comentar  Nenhum comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agua Boa News. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agua Boa News poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 

veja maisArtigos

Nilton Moreira

Pessoas preconceituosas

      Atualmente diminuiu a quantidade de pessoas preconceituosas, e as atrações homoafetivas não precisam serem mais as escondidas. Se somos filhos do mesmo Pai e portando irmãos de jornada...

 
 
 
 
Sitevip Internet