Notícias / Cultura

05/10/23 às 11:20

Banheiro vira set de filmagem em produção de cinema mato-grossense

Trama explora diálogo de dois personagens que se conhecem no banheiro

Lidiane Barros

AguaBoaNews

Imprimir Enviar para um amigo
Banheiro vira set de filmagem em produção de cinema mato-grossense

Foto: Rodsley Gomes

Até o sábado (7), em Primavera do Leste, um compartimento com pouquíssimos metros quadrados guardará um mundo diverso movido pela magia do cinema. A diretora Rafaela Salomão tem à frente a tarefa de filmar seu segundo curta-metragem nos limites de um banheiro.
 
“É um desafio pois como se trata de um drama dosado por suspense, a movimentação de câmera tem de ser cirúrgica. Será como uma lupa lançada sobre as expressões e gestos. Tenho de estar atenta a toda pequena excitação, aos sinais mais sutis que contam muito quando se trata de um espaço tão pequeno”.
 
O roteiro de O Banheiro Errado foi escrito pelo parceiro artístico de longas jornadas, desde os primórdios do Teatro Faces, Wanderson Lana. Ele também assume papel de protagonista no filme, interpretando o personagem Cidcley. “É uma honra para nós tê-lo no set. Lana é um artista muito experiente, que além de ser ator, diretor e dramaturgo, é um militante do teatro mato-grossense. Fundador do Faces e de um dos maiores projetos de formação no segmento”.
 
Wanderson Lana divide a cena com o ator Guilherme Acrízio, que é nascido em Poxoréu. Este, além da interpretação, se projetou como produtor e DJ de uma das baladas pop mais conhecidas do Rio de Janeiro - incluindo edições internacionais -, a Treta.
 
“Guilherme tem uma atuação muito importante em defesa das pautas LGBTQIAPN+. E dessa perspectiva, seu ativismo é muito desejado”. Rafaela explica que o filme celebra a diversidade.
 
Cidcley (Wanderson Lana) é um jovem tímido que acaba conhecendo Gabriel (Guilherme Acrízio) através da divisória de um banheiro em um clube noturno em uma terça-feira de carnaval.  Ele procurava um lugar para se esconder para não precisar falar para os amigos que gostaria de ir embora, e Gabriel bêbado se divertindo, não percebe antes de entrar que o banheiro estava fora de serviço.
 
Sem jamais se verem, eles se engajam em uma conversa e o desfecho mostra que existe um mundo mais bonito e afetuoso além das aparências.
 
Rafaela realiza o curta-metragem com incentivo do edital de Produção Audiovisual do Governo de Mato Grosso, via Secretaria de Cultura, Esportes e Lazer (Secel-MT). Tem ainda apoio da Faces Filmes, Teatro Faces, Secretaria de Cultura, Turismo, Lazer e Juventude de Primavera do Leste e da Prefeitura do Município. 
 
Multimídia
 
Rafaela Salomão é uma das fundadoras do teatro Faces e soma muitos espetáculos ao repertório. Mas é o curta-metragem O Menino do Quarto que marca sua transição para o cinema, melhor dizendo, para atrás das câmeras.
 
“Me formei em Licenciatura em Teatro pela Universidade de Brasília (UNB) e depois de interpretar muitos papeis – inclusive no cinema-, comecei também a editar vídeos. Foi um pulo para a direção. Acredito que essa experiência soma muito, pois eu já vou gravando pensando em como vou editar”, se diverte.
 
Com O Menino do Quarto ela circulou por festivais nacionais e desfilou até por tapetes vermelhos, caso do LA Femme Festival, de Los Angeles. “Quando penso que agora estou filmando o Banheiro Errado já me vem à mente uma trilogia”, diz a multimídia sempre aberta a novas possibilidades.
 
“Tanto é que a gente vai fazer o curta-metragem e uma cena extra para o que pode vir a ser uma série. Tenho ainda o projeto de um longa-metragem. A gente não pode parar de sonhar”.
 
E Rafaela também atuará no piloto da série. “É nessa hora que a Edilene Rodriguez, que faz a 1ª assistência de direção, assume o meu lugar. Estamos muito empolgadas em realizar esse projeto. A gente quer que cada vez mais, mais mulheres ocupem os espaços de produção, seja em Primavera do Leste, seja em Mato Grosso”.
 
A seu lado, Edilene destaca ainda a resiliência de quem produz no interior do Estado. “Um dos maiores desafios é fazer circular o que estamos fazendo, de projetar para o mundo, o que estamos construindo em termos de linguagem e estética. Apostando na mobilização política, também temos lutado pela descentralização e ampliação dos recursos”.
 
Ela conta que a equipe agora, vivenciando o processo de produção, renova a luta. “Estamos realizadas por poder fazer cinema com profissionais daqui, que estão estudando cinema, fazendo cinema na prática. Dando o máximo de si para construir coisas bonitas. Fico feliz por fazer parte deste movimento que impulsiona a formulação de mais políticas públicas para que a gente possa aumentar o número de produções em Primavera do Leste”.
 

Ficha Técnica:
 
Rafaela Salomão: Direção e produção executiva
Wanderson Lana: Roteiro e atuação
Guilherme Acrízio: Atuação
Edilene Rodriguez: Produção geral e 1˚ assistente de Direção
Duflair Barradas: Diretor de fotografia
Kiko Sontak: Direção de arte
Gabriel Krusquevis: Assistente de direção de arte
Bia Lobo: Continuísta
Wyllow Oliveira: 1˚ Assistente de câmera
Leon Augusto: 2˚ Assistente de câmera
Cesarino Fumaça: Gaffer/eletricista
Rodsley Gomes: Vídeo Assist/logger
Rosivaldo Rosa: Maquinista
Feliciano: Motorista/assistente
Jeisy Sá: Maquiagem, cabelo e figurino
Yuri Kopcak: Diretor de som direto
Sabrina Nattany: Assistente de som
Gabriel Leszko: Making off
Raquel Santos: Assistente de produção
Thiago Shashuk: Produção de set
Dionathan Pessoni: Produção de set
Yuri Lima Cabral: Assistente de produção
Darci Souza Junior: Monitor Covid-19 e assistente de produção.
  • Banheiro vira set de filmagem em produção de cinema mato-grossense
  • Banheiro vira set de filmagem em produção de cinema mato-grossense
  • Banheiro vira set de filmagem em produção de cinema mato-grossense

comentar  Nenhum comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agua Boa News. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agua Boa News poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 

veja maisArtigos

Nilton Moreira

Causa e efeito

         Reclamamos dos sofrimentos que nos alcançam de vez em quando e que nos tira a alegria. Muitas vezes são doenças graves com internações hospitalares. Nos questionamos...

 
 
 
 
Sitevip Internet