Notícias / Agricultura

20/07/23 às 09:32

Empaer apresenta propriedade rural restaurada em Gaúcha do Norte

O objetivo da visita foi mostrar como é o trabalho de restauração e como o processo é lento

AguaBoaNews

com assessoria Empaer

Imprimir Enviar para um amigo
Empaer apresenta propriedade rural restaurada em Gaúcha do Norte

Foto: Divulgação Prefeitura

O técnico da Empaer Clodoaldo Maccari acompanhou adolescentes do Núcleo de Cidadania de Adolescentes (Nuca) de Gaúcha do Norte em uma propriedade rural que recebeu um trabalho de restauração de mata. A visita foi uma sugestão do Selo Unicef e a última da programação da celebração do Dia Mundial do Meio Ambiente.

Clodoaldo palestrou sobre o projeto desenvolvido no município há 16 anos. Na época, um trabalho de restauração foi desenvolvido em algumas áreas. Os adolescentes puderam ver as imagens da área na época e visitar a área nos dias de hoje, para ver o resultado do trabalho.

O objetivo da visita foi mostrar como é o trabalho de restauração e como o processo é lento. “Fomos convidados a levar esses alunos a uma propriedade que tivesse uma restauração de área, então trouxemos um trabalho realizado em 2007 e 2008 aqui em Gaúcha onde foram realizadas restaurações de área no córrego Pau d’Alho”, comentou o extensionista.

“Levamos esses alunos até a propriedade que foi uma das áreas restauradas na época e eles puderam ver o tanto que é difícil e quanto demora para regenerar uma área principalmente área de APP que são as áreas permanentes na beira de córrego. Então é muito mais fácil nós preservarmos o que está pronto, se não depois precisamos fazer tudo de novo e isso demora anos. A área visitada está com 16 anos do trabalho de restauração, o que foi plantado está crescendo, mas talvez vai mais 50, 60 anos para chegar no estágio que estava antes da derrubada”, disse ele.

Clodoaldo reforma que nessa área foi feita uma cobertura de solo com leguminosas porque era uma área limpa e depois plantio direto com mudas, foi necessário fazer poda, um trabalho braçal. “Na época esse trabalho foi desenvolvido através de parceria entre Prefeitura, Empaer e uma campanha Icatú Xingu e é interessante falarmos disso para a gente repensar isso, hoje não temos mais viveiro e nem a parceria, tem produtores que precisam fazer essa restauração de área, é lei, e às vezes não encontram uma estrutura mínima porque isso custa caro e é trabalhoso”.


A mobilizadora dos adolescentes, Débora Ferreira da Silva, explica que a partir da ação proposta pelo Selo procuramos, o técnico da Empaer se colocou à disposição, falou sobre esse trabalho que foi desenvolvido em Gaúcha e de sua importância, então decidimos trazer para os adolescentes.

“Outras ações foram desenvolvidas durante a abordagem do tema Dia do Meio Ambiente como rodas de conversa, visitas no município e para fechar a campanha com chave de ouro essa visita nessa área de reflorestamento, de recuperação. Aqui trouxemos para eles a realidade do nosso município, do estado de Mato Grosso e a importância que o meio ambiente tem e do cuidado com o meio ambiente. Sabemos que aqui em Gaúcha a principal característica econômica é a agricultura, então mostramos para eles de onde vem a economia do município e a importância de manter esse ambiente saudável”, disse Débora.



 

comentar  Nenhum comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agua Boa News. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agua Boa News poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 

veja maisArtigos

Juacy da Silva

Vamos cuidar melhor da nossa 'Casa Comum'?

“Quando os seres humanos destroem a biodiversidade na criação de Deus, quando os seres humanos comprometem a integridade da terra e contribuem para a mudança climática, desnudando a terra de suas florestas naturais...

 
 
 
 
Sitevip Internet