Notícias / Justiça

30/07/22 às 19:03

Homem que matou duas esposas uma em Água Boa a outra em Sinop pega 14 anos de prisão por um dos crimes

Redação AguaBoaNews

com Gazeta Digital

Imprimir Enviar para um amigo
Homem que matou duas esposas uma em Água Boa a outra em Sinop  pega 14 anos de prisão por um dos crimes

Arlete Cardoso da Silva

Foto: Divulgação

O pedreiro Francisco Lucio De Freitas, conhecido como “Adilson”, foi condenado a 14 anos de prisão por matar a esposa, Arlete Cardoso da Silva. O julgamento foi realizado em 22 de julho deste ano e o crime ocorreu em janeiro de 2021, em Sinop (500 km ao Norte).

O homem também é acusado de matar a ex-esposa, Maurinha Da Silva, em 2017. A ação ainda tramita na 1ª Vara Criminal de Água Boa e não foi marcado julgamento.

Segundo informações, após matar Arlete com uma facada ele escondeu o corpo sob a cama do casal. A vítima foi achada há em decomposição.

Segundo relato do réu ao juízo, no dia do crime, ele tinha bebido. Ao chegar em casa, a mulher teria tentado ataca-lo com uma faca. Ele disse que revidou para se defender.

Armado de faca, o pedreiro golpeou a mulher uma única vez na axila. Vendo que ela não tinha sinais vitais, ele escondeu o corpo e fugiu para Goiás, onde foi preso e segue detido.

Submetido a júri popular, o homem foi condenado e já irá cumprir pela na cadeia em que está recolhido.

“Finalmente, na terceira etapa da dosimetria da pena, a míngua de causas de aumento ou diminuição de pena encontra-se a pena definitiva no patamar de 14 (quatorze) anos e 03 (três) meses de reclusão”, é a sentença da juíza Rosângela Zacarkim dos Santos, presidente do Tribunal do júri.

comentar  Nenhum comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agua Boa News. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agua Boa News poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 
 
Sitevip Internet