Notícias / Agronegócios

17/05/22 às 13:27

Mato Grosso lidera em Valor da Produção e chega a R$ 225 bilhões

Estimativa do Ministério da Agricultura aponta crescimento na produção de soja, milho, algodão e na pecuária

Eduardo Gomes

Diário de Cuiabá

Imprimir Enviar para um amigo
Mato Grosso lidera em Valor da Produção e chega a R$ 225 bilhões

Soja, algodão, milho e bovinocultura são as quatro grandes atividades agropecuárias que permitiram o avanço anual no VBP de Mato Grosso

Foto: Divulgação

Com crescimento estimado em 2,7%, no comparativo com 2021, de R$ 1,20 trilhão, o Valor Bruto da Produção Agropecuária (VBP) brasileira deverá alcançar R$ 1,23 trilhão, segundo números divulgados na segunda-feira (16), pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).

Mato Grosso, com VBP de R$ 225,60 bilhões, responderá por 18,20%. 

Com R$ 881,2 bilhões, as lavouras brasileiras deverão registrar alta de 7,3%, no comparativo com o ano anterior.

A pecuária, segundo o Mapa, responderá por R$ 355,7 bilhões, com retração de 7,2% em relação a 2021. 

A soja brasileira deverá alcançar R$ 351,98 bilhões, com encolhimento de 9,77% em relação a 2021, quando cravou R$ 389,58 bilhões.

A leguminosa apresenta aumento de 5,66% do VBP em Mato Grosso, saltando de R$ 102,98 bilhões para R$ 108,33 bilhões.

Na sequência estadual, Goiás, com R$ 42,87 bilhões; Paraná, com R$ 30,60 bilhões; Rio Grande do Sul, com R$ 30,08 bilhões; e Minas Gerais, com R$ 22,18 bilhões. 

Maior VBP estadual do milho, Mato Grosso deverá alcançar R$ 48,71 bilhões, superando em 12,5% os R$ 42,30 bilhões do ano anterior.

Nacionalmente, o VBP do cereal será de R$ 163,83 bilhões.

Na sequência, Paraná, com R$ 28,32 bilhões; Mato Grosso do Sul, com R$ 16,64 bilhões; Goiás, com R$ 15,4 bilhões; e Minas Gerais, com R$ 12,16 bilhões.

Nacionalmente, esse indicativo chegará a R$ 163,83 bilhões. 

Em Mato Grosso, o VBP do algodão estimado é de R$ 30,47 bilhões, superando em 33,33% o ano de 2021, quando chegou a R$ 20,15 bilhões.

No Brasil, o VBP será de R$ 42,06 bilhões.

A Bahia é o segundo colocado no ranking nacional, com R$ 8,15 bilhões. 

Quarto maior produtor nacional de arroz, Mato Grosso deverá alcançar VBP de R$ 509,13 milhões, com retração de 21,8% sobre os R$ 645,41 milhões em 2021.

Nacionalmente, o cereal injetará R$ 16,65 bilhões à economia.

Os maiores indicadores serão alcançados pelo Rio Grande do Sul, com R$ 10,60 bilhões; Santa Catarina, com R$ 1,6 bilhão; e Tocantins, com R$ 1,27 bilhão. 

A pecuária nacional terá VBP de R$ 355,69 bilhões.

Mato Grosso, que tem o maior rebanho bovino do Brasil, alcançará R$ 30,85 bilhões, sendo R$ 25,99 bilhões com bovinos, R$ 1,56 bilhão com suínos e R$ 3,30 bilhões com aves.

comentar  Nenhum comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agua Boa News. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agua Boa News poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 

veja maisArtigos

Juacy da Silva

DOIS DE JULHO, UM DIA ESPECIAL

Se nossa querida Afife estive viva, não tivesse nos deixado há pouco mais de sete meses, em um sábado, como hoje, aqui em Franklin Farm, Herndon, Virginia, EUA, no dia 20 de Novembro do ano passado (2021), HOJE, 02 de Julho de...

 
 
 
 
Sitevip Internet