Notícias / Saúde e Ciência

04/04/22 às 20:58

Abril Laranja - Campanha alerta para riscos de amputação e leva mensagens de motivação

Caso de jovem que teve perna amputada em acidente e se tornou fisioterapeuta para ajudar outras vítimas e de ex-presidente da OAB de SP que abraçou a causa após também ter a perna amputada, fortalecem campanha de prevenção de acidentes.

Redação AguaBoaNews

Imprimir Enviar para um amigo
Abril Laranja - Campanha alerta para riscos de amputação e leva mensagens de motivação

Foto: Assessoria

Foi em um acide de carro em janeiro de 2009, que Jessica Araújo Reolon, precisou amputar parte da perna esquerda, teve queimaduras e perdeu seu pai. “Estávamos em uma viagem de família no interior de Mato Grosso, quando a caminhonete em que estávamos perdeu o controle, caiu em um buraco e colidiu contra um poste e o fio de alta tensão caiu sobre o veículo. Ao descer do carro recebemos a descarga de eletricidade”. 
 
O relato da cuiabana que hoje tem 26 anos e mora no estado de São Paulo é impactante e forte, mas não foi o suficiente para fazê-la desistir de viver.  Hoje ao contar sua história de vida é motivacional, ela se formou em fisioterapia e atua na área de reabilitação de amputados. “Especificamente trabalho na empresa em que cheguei como paciente e hoje sou fisioterapeuta”, relata. 
  
Assim como Jessica, milhares de pessoas todos os anos sofrem com amputações seja por doenças ou acidentes. Por conta do volume desses casos está ganhando força no Brasil um movimento iniciado nos Estados Unidos, para alertar a população sobre os cuidados que se deve adotar para evitar amputações e, também para levar às pessoas que sofreram essas perdas, uma mensagem de que não devem deixar de seguir com uma vida plena e feliz.  
 
“A partir do momento em que eu tive alta hospitalar, caiu a minha ficha. Me vi numa cadeira de rodas, sem uma das minhas pernas. Até então, parecia uma realidade paralela, daquelas que você acredita não ser real. Então, foi um choque. Passei por diversas fases, foi um longo processo até aqui. Tive que aprender a lidar com o sentimento de falta, de não me reconhecer no próprio corpo, da não aceitação, da adaptação à prótese... enfim, a gente vai aprendendo a se superar e a superar os desafios, a entender que sentir dor faz parte. A vida é um presente e merece ser aproveitada. Todos temos um propósito e eu realmente acredito que eu estou onde deveria estar e que tudo aconteceu como deveria acontecer”, declarou Jessica Araújo Reolon.  
 
E, nesta terça-feira, 05 de abril, às 13h30, será realizada uma live sobre o Abril Laranja pelo instagram @marcosdacosta_sp com duas pessoas que são exemplo: Pedro Pimenta e Paulo de Almeida. A iniciativa é do advogado e ex-presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, secção de São Paulo, Marcos da Costa
 
“Sei bem a importância dessa mensagem. Eu próprio tive minha perna direita amputada por conta de um acidente de carro e tive a alegria de receber a ilustre visita de Lars Grael. Eu, que era um admirador dele, me tornei seu amigo e chegamos a dar palestras juntos sobre superação. Mas eu próprio, seguindo o exemplo dele, também passei a visitar amputados e com eles compartilhar minha própria experiência. Hoje abracei esse movimento”, pontuou Marcos da Costa.  
 
A live recebe apoio do Instituto Mario Cardi Filho. “Contamos com a participação de todos para que o Abril Laranja tenha sucesso e possamos conscientizar e prevenir situações que levem a perda de membros por amputações em nosso estado e em nosso país”, convida o advogado e presidente do Instituto, Ussiel Tavares.  
  • Abril Laranja - Campanha alerta para riscos de amputação e leva mensagens de motivação
  • Abril Laranja - Campanha alerta para riscos de amputação e leva mensagens de motivação
  • Abril Laranja - Campanha alerta para riscos de amputação e leva mensagens de motivação

comentar  Nenhum comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agua Boa News. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agua Boa News poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 
 
Sitevip Internet