Notícias / Turismo

22/10/21 às 12:10 / Atualizada: 22/10/21 às 12:21

'Finalmente temos um governador que possui um olhar diferente para o turismo', diz secretário em evento no Araguaia

Rafael Govari

OPioneiro.

Imprimir Enviar para um amigo
Nova Xavantina - Uma equipe da Secretaria Adjunta de Turismo (Seadtur), liderada pelo secretário Jefferson Moreno, está percorrendo municípios do Mato Grosso para divulgar as ações da pasta e fomentar o turismo. Na quinta-feira (21), a equipe esteve em Nova Xavantina-MT, que sediou um encontro da Instância de Governança Regional (IGR) Portal do Araguaia.


Secretário Adjunto de Turismo de Mato Grosso, Jefferson Moreno; Foto – OP.
 
O objetivo do encontro, que teve a participação de representantes de prefeituras e empresários do setor, foi a formalização da IGR, que pretende construir um plano regional para cadastrar pontos turísticos e serviços, além de criar uma rota abrangendo potencialidades de vários municípios, para que o turista possa visitar diversos atrativos.

Para compreender melhor o foco dos trabalhos da IGR, se trata de oferecer para o visitante, atrações como pontos turísticos, eventos e experiências, abrangendo diversos municípios do Araguaia, para que o turista possa fazer um passeio programado pela região, tendo suporte, translado, hotéis e restaurantes com serviços de qualidade.

Conforme Jefferson Moreno, a Seadtur está trabalhando em várias frentes para fomentar o turismo em todo o Mato Grosso, com ações que vão desde a formalização das instâncias de governança, a capacitações de profissionais do setor, levantamento de dados, criação de um portal para divulgação dos atrativos, além de investimentos em obras voltadas ao turismo.


Interlocutora regional e secretária de Turismo de Canarana, Marilei Bier, em discurso durante o evento; Foto – OP.

“Depois de 20 anos, finalmente temos um governador que possui um olhar diferente para o turismo, que acredita no potencial do Mato Grosso. Estamos fazendo mais de 300 milhões de reais em investimentos diretos nesse setor no primeiro lote. E Mauro Mendes já falou que dinheiro não vai faltar e que vamos discutir em breve novos aportes”, disse Moreno.

No Vale do Araguaia, o secretário adjunto disse que o Governo do Estado quer fazer investimentos nas orlas das cidades São Félix do Araguaia e de Luciara, ambas no Norte da região, que ficam ao lado do rio Araguaia. Já o município de Canarana, no Médio Araguaia, receberá incentivos para promoção do ecoturismo indígena.

Para Jefferson, que já veio pescar em pousadas de Canarana, o Vale do Araguaia tem grande potencial turístico, mas que ainda precisa ler lapidado. “Estamos fazendo um trabalho conjunto entre Governo do Estado, prefeituras e empresários, para lapidar essa pérola e colocar nas prateleiras das agências. A formalização da IGR e a criação do plano regional são muito importantes para esse objetivo”, explicou.

Moreno comparou que o turista de Mato Grosso viaja para longe, mas muitas vezes não conhece o próprio estado. “Precisamos nos empoderar do que temos de belo. Se a gente consegue se programar para ir para a praia no litoral, conseguimos nos programar para ir às praias do rio Araguaia, para conhecer a maravilha que é o nosso estado”, disse.


Encontro da Instância de Governança Regional (IGR) Portal do Araguaia; Foto – OP.

Além da equipe do Governo do Estado, participaram do encontro em Nova Xavantina, representantes do setor do turismo de 10 municípios da região. Marilei Bier, interlocutora regional e secretária de Turismo de Canarana, coordenou os trabalhos da IGR. O prefeito de Nova Xavantina, João Bang, também acompanhou o evento.

comentar  Nenhum comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agua Boa News. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agua Boa News poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 

veja maisArtigos

Luciano Vacari

Da enxada ao touch

Desde os anos 70 no Brasil, o agro brasileiro vem se desenvolvendo cada vez mais aliado com a ciência e a tecnologia, prova disso é a expansão da fronteira agrícola, a qual levou a soja ao cerrado, um bioma não...

 
 
 
 
Sitevip Internet