Notícias / Agropecuária

20/07/21 às 14:24 / Atualizada: 20/07/21 às 14:37

Fazenda Nota 10: O sucesso da fazenda começa pelas pessoas; Pecuária Unit Santa Clara de Nova Nazaré é participante

O avanço da profissionalização na pecuária passa, necessariamente, pelo aprimoramento na gestão de equipes, assim como os resultados positivos

Canal Rural

AguaBoaNews

Imprimir Enviar para um amigo
Fazenda Nota 10: O sucesso da fazenda começa pelas pessoas; Pecuária Unit Santa Clara de Nova Nazaré é participante

Foto: Canal Rural

O economista Walter Rogerio Diesel é o responsável pela implementação do projeto de produção de grãos e gado de corte da Pecuária Unit Santa Clara, em Nova Nazaré (MT). A empresa vive um momento de definição: como será a divisão mais apropriada da área de 10 mil hectares entre a agricultura, com lavouras de grãos (soja, milho e arroz), e a produção de gado de corte com ciclo completo – cria, recria e engorda.

“A gente precisa minimizar riscos de mercado, principalmente diante de um cenário com incremento de áreas de lavoura, redução da oferta de fêmeas e maior custo de animais de reposição”, explica.

Essa visão estratégica abrange todos os setores da fazenda, passando pela organização da infraestrutura, a preparação do terreno para plantio – inclusive de pasto –, e a composição do rebanho. Mas há uma parte do processo que Walter julga ser a mais complexa: a formação das equipes.

“Montar uma equipe coesa, engajada e motivada, e mantê-la na empresa, é o maior desafio que temos hoje.”

Segundo Walter, a situação é semelhante em qualquer atividade econômica (comércio, serviços e indústria), mas no agronegócio o grau de dificuldade aumenta. A maior parte das pessoas em busca de trabalho não quer abrir mão de facilidades encontradas nas áreas urbanas, inclusive as opções de lazer.

“Nossa fazenda fica a 64 quilômetros do centro de Nova Nazaré e a 95 quilômetros de Água Boa, que é a maior cidade que temos mais próxima. É um pouco mais desafiador manter os profissionais motivados e trabalhando bem”, diz.

A tarefa mais árdua é, no entanto, também o ponto de partida e o fio que conduz o negócio até o sucesso, ainda mais quando se tem a orientação adequada.

A Pecuária Unit Santa Clara é uma das empresas participantes do Programa Fazenda Nota 10, iniciativa da parceria entre o Inttegra (Instituto de Métricas Agropecuárias) e a Friboi para levar aos pecuaristas referências produtivas e financeiras relevantes à gestão e às equipes e, por meio de educação e tecnologia, mostrar o que realmente impacta dentro do negócio e direcionar os caminhos para uma pecuária mais eficiente.

Tal acompanhamento tem feito grande diferença para Walter, tanto na escolha quanto na gestão dos profissionais que lidam com o gado. “Na hora da seleção das pessoas a gente busca aquelas que tenham um perfil mais empreendedor”, diz.

Essa característica envolve um olhar mais amplo sobre a atividade e um comprometimento maior com os resultados, fatores essenciais para as pretensões do projeto em curto, médio e longo prazos. O projeto consolidado deve ter cerca de 8 mil cabeças, em ciclo completo, distribuídas em 4 mil hectares. Metade desse rebanho será de vacas em produção.

Hoje, são 600 fêmeas em produção, que apresentam taxa de prenhez de 86%. Esse índice só é aceitável por estarem em fase de implementação, mas em 2023 precisa chegar a 92%, com as matrizes emprenhando entre 14 e 16 meses.



Em relação ao desmame, o objetivo para a próxima safra é que os bezerros pesem, em média, 240 quilos. “Queremos chegar em 280 quilos”, afirma Walter, que também quer ver a taxa de lotação avançar em breve.

A meta é, daqui até 2023, dobrar o número atual de 1 UA por hectare, e no médio prazo chegar a 3 UA por hectare. Em termos de equipe, Walter conta atualmente com seis funcionários e pretende trabalhar com 1,5 mil cabeças por vaqueiro.

É aí que entra a importância do Fazenda Nota 10. O programa direciona a apuração detalhada das métricas e a definição coerente das metas, orientando os gestores da fazenda sobre a metodologia mais eficiente de compartilhar essas informações com as equipes.

Mais que isso, por conta dos encontros virtuais, como a masterclass com os mentores, é possível interagir com produtores de diversas regiões do País. Trata-se de uma valiosa troca de experiência, pois tanto os problemas como as soluções expostos podem ser comuns para os diferentes participantes.

“Sempre me preocupei com a gestão de pessoas, mas precisava melhorar a forma de fazê-la. Esse caminho começou a ficar mais claro quando entramos no programa. A gente consegue aplicar as coisas com mais tranquilidade porque está vendo as técnicas corretas a partir de exemplos semelhantes ao que vivemos na fazenda”, comenta Walter.


Walter e funcionários da fazenda: aprendizado mútuo.

A EVOLUÇÃO DO LÍDER

Uma das mudanças mais significativas nesse processo é a evolução do relacionamento em todos os níveis hierárquicos na empresa. “As técnicas apresentadas ajudam bastante até para solucionar conflitos que possam surgir entre os próprios funcionários ou com os chefes, entre gerências, entre chefia e diretoria”, diz Walter.

Ele mesmo reconhece que já vem adequando sua maneira de lidar com as equipes. “Até acabo me policiando mais para não cometer certos deslizes e conseguir êxito naquilo que estamos buscando”, afirma.

“Se algo não saiu de acordo com o esperado ou o comportamento de uma pessoa não está adequado àquilo que gostaríamos, pode ser que nossas atitudes também devam ser revistas.”

Existe aí uma grande contribuição dos mentores do programa. “Quando penso em um problema logo me lembro do que a Jacqueline falou a respeito daquilo, ou de algum comentário que o Chaker fez sobre aquele assunto”, acrescenta.

Jacqueline Lubaski é a consultora em gestão de pessoas e desenvolvimento humano em empresas rurais, e Antonio Chaker é o coordenador do Inttegra. A combinação da vasta experiência de ambos é um grande estímulo para que os produtores consigam alcançar e manter o alto nível de gente e gestão.

Para reforçar a motivação dos colaboradores da Pecuária Unit Santa Clara, além da maior participação nas decisões rotineiras, também estão sendo avaliados mecanismos de premiação por resultado já para a próxima safra.

“Quando você está dentro do programa, é mais fácil se ajustar e errar menos, tanto em termos de equipe quanto em termos de produção, do negócio. Ter resultado todo mundo quer, difícil é ter o meio do caminho que não envolve só fazer as coisas na hora certa, mas como fazer as coisas corretas, bem-feitas e na hora certa”, afirma Walter.

+ Saiba mais e inscreva-se no programa Fazenda Nota 10 clicando aqui.

comentar  Nenhum comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agua Boa News. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agua Boa News poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 
 
Sitevip Internet