Notícias / Ação Social

11/05/21 às 11:23 / Atualizada: 11/05/21 às 11:36

Ribeirinho Cidadão atende mais de 5 mil pessoas em comunidades do pantanal mato-grossense

Ulisses Lalio / TJ

AguaBoaNews/Cuiabá

Imprimir Enviar para um amigo
Ribeirinho Cidadão atende mais de 5 mil pessoas em comunidades do pantanal mato-grossense

Foto: Assessoria TJ

Com um balanço extremamente positivo o juiz coordenador do Ribeirinho Cidadão, José Antônio Bezerra Filho, encerrou a 14ª edição do programa que leva cidadania e justiça social as famílias ribeirinhas da região do Pantanal mato-grossense. As ações atenderam mais de 5 mil pessoas em 16 comunidades, entre os dias 03 a 08 de maio e foram organizadas pelo Poder Judiciário de Mato Grosso e Defensoria Pública.
 
Ao todo foram doadas três toneladas de alimentos; duas toneladas de roupas; Kits de higiene e limpeza; Brinquedos; Kits de higiene bucal e 105 computadores. As ações alcançaram moradores da Agrovila Palmeiras, Pontal do Glória, Taquaral, Lambari, Comunidade do Betão, Baia São João, Brejinho, Mimoso, Santa Elvira, São Lourenço, Baía São João, Estirão Cumprido, Cuiabá Mirim, Porto Brandão, Caxara, Limoeiro, Conchas, Recreio e Cascalheira.
 


Além disso, foram sanadas dúvidas sobre o auxilio emergencial e informações sobre a covid-19. Neste ano, a equipe precisou remodelar o formato e a logística do projeto, que contava com a tradicional caravana de parceiros e voluntários. Desta vez, participaram apenas uma equipe enxuta, formada por representantes da coordenação do Ribeirinho do Tribunal de Justiça, da Defensoria Pública e dos municípios envolvidos.
 
O magistrado responsável pelo Ribeirinho Cidadão reiterou que o desafio deste ano foi grande devido as novas restrições da pandemia. "Contudo temos um balanço extremamente positivo. Foi um grande desafio superarmos todas essas dificuldades que temos vivenciado dia a dia. A população ficou muito satisfeita com a presença do Poder Judiciário que rompe paradigmas e vai até a essas localidades tão isoladas", disse.
 


Dr Toni lembrou que, mesmo em tempo de pandemia, o Ribeirinho cumpriu sua missão de levar justiça social aos que mais precisam. "Demos continuidade a um programa tão bem sucedido que está em sua 14ª edição. Nesse tempo de pandemia seguimos todas as normas de biosegurança, repassamos todas as nossas experiências e levamos a cabo essas ações visando a cidadania e o bem a população dessas comunidades", ponderou.
 

comentar  Nenhum comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agua Boa News. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agua Boa News poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 
 
Sitevip Internet