Notícias / Policial

20/08/15 às 17:19

Polícia Civil encontra veículo enterrado por família de pistoleiros em Vila Rica

Um veículo roubado no Estado de Goiás foi localizado pela Polícia Judiciária Civil, na quinta-feira (19.08), enterrado em uma propriedade rural, em Vila Rica próximo a divisa com o Estado do Pará. O veículo foi enterrado por determinação da associação criminosa “Família Tezin”, presa no município em abril deste ano.

As investigações que resultaram na localização do veículo visam esclarecer crimes cometidos pela associação criminosa. Os integrantes da organização conhecida como “Família Tezin” são primos e irmãos, que atuavam com “pistolagem” na região sul do Estado do Pará e que estavam fazendo o mesmo tipo de trabalho em Vila Rica.

Segundo a Polícia, o veículo Jac Motors Turin foi enterrado a mando de Hélio Junior Barros da Silva, morador na Vila Mandi, no Estado do Pará. O acusado é um dos integrantes da família de pistoleiros. Atualmente, Hélio Junior, encontra-se preso por força de mandado de prisão preventiva pelo homicídio de Antonio Figueira de Morais Filho, ocorrido no dia 29 de março de 2015, em Vila Rica,
Outros três integrantes da família, Paulo Junior dos Santos Pinto, conhecido como “Junin”, Leandro Silva Carvalho, o “Leadrin” e Jadson Roberto dos Santos Pinto, o “Jadin”, tiveram os mandados de prisão cumprido no dia 21 de abril, apontados como autores de outros dois homicídios ocorridos entre os meses de março a abril, no município.
 
A prisão dos acusados aconteceu 8 dias após o homicídio de Cleudomir de Souza Machado, o “Tumiro, que causou grande clamor junto a população local.
 
O delegado Gutemberg de Lucena de Lucena Almeida disse o grupo é de extrema periculosidade e agia de maneira articulada, cada um com uma função específica dentro da associação criminosa. “Alguns agiam na execução dos homicídios, outros agenciavam mandantes dos crimes, e ainda tinham aqueles que davam apoio logístico às ações, denominadas por eles de ‘missões’”, disse o delegado.
 
Segundo o delegado, desde a prisão dos suspeitos, não houve mais homicídios por pistolagem na cidade de Vila Rica. “Agradeço a participação de todos da equipe de investigadores e escrivães, que têm se empenhado nas investigações deste caso. As investigações prosseguem para elucidar outros crimes cometidos pela associação criminosa”, completou.

comentar  Nenhum comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agua Boa News. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agua Boa News poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 

veja maisArtigos

Luciano Vacari

Sobre o que realmente interessa

Um dos grandes desafios do agronegócio brasileiro é apresentar sua importância social e econômica e, principalmente, a responsabilidade ambiental do setor, que é o que mais preserva vegetação nativa no...

 
 
 
 
Sitevip Internet