Notícias / Policial

14/05/17 às 19:40

Campo Novo do Parecis - Homem é preso depois de estuprar e introduzir sabugo de milho em ex-mulher

Lázaro Thor Borges, Olhar Direto

Edição para o AguaBoaNews, Clodoeste Kassu

Imprimir Enviar para um amigo
Depois de deixar o filho na creche, na última quinta-feira (11), uma adolescente de apenas 18 anos passou momentos de angústia e sofrimento inexplicáveis. A vítima foi abordada pelo ex-marido que a obrigou a ir até um milharal, onde ela foi estuprada e violentada por ele.

O caso aconteceu no município de Campo Novo do Parecis. O local é ainda na zona urbana do município, e fica próximo ao bairro Jardim das Palmeiras. De acordo com o relato da própria vítima, que foi até a delegacia prestar queixa, o homem a abordou em uma bicicleta e obrigou que ela subisse na garupa, caso contrário, iria incendiar sua casa.

A jovem foi então conduzida até o milharal. Onde o estuprador teria primeiro introduzido um sabugo de milho, ainda com casca, na sua vagina. Depois, sem utilizar o sabugo, o homem continuou abusando da vítima. Por fim, fugiu do local.

Depois da denúncia, uma equipe da Polícia Militar foi informada de que o suspeito estava na frente da casa da jovem. Os agentes se deslocaram até o local e o encontrou. Após ser preso pelos militares, a mãe da jovem foi até os policiais e contou que a filha e o suposto estuprador estavam separados há apenas quatro dias.

O homem, de 27 anos, permanece preso e deve responder pelo crime de estupro. 
Imprimir Enviar para um amigo

comentar  Nenhum comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agua Boa News. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agua Boa News poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 

veja maisArtigos

Eduardo Gomes de Andrade

De mundo melhor

Manso, o fogo sapecava as cascas das árvores tortas do cerrado mato-grossense e engolia o capim nativo. No processo natural ambiental, em poucos dias o verde espalhava-se pelo chão no renovado capim e subia ao topo das lixeiras e das...

 
 
 
 
Sitevip Internet