Notícias / Policial

20/04/17 às 19:27

Autores de latrocínio de pecuarista e funcionário são presos em Confresa

Assessoria Polícia Civil

AguaBoaNews

Imprimir Enviar para um amigo
Dois homens apontados como autores do latrocínio que vitimou um pecuarista e o seu caseiro, na região do município de Confresa, tiveram mandados de prisão temporária cumpridos em investigações da Polícia Judiciária Civil.

O suspeito, Cleberson de Souza Cardoso, 32, conhecido como “Cebolão”, foi preso na cidade, na terça-feira (18.04), em ação dos policiais civis da Delegacia Regional e Delegacia Municipal de Confresa. O segundo envolvido, Arnaldo Freitas da Costa Junior, 31, teve a ordem de prisão temporária pelo latrocínio cumprida na Penitenciária de Água Boa, onde está recolhido em razão de prisão preventiva decretada pela prática de vários roubos, inclusive a estabelecimentos comerciais em Confresa.

O crime ocorreu no dia 27 de julho de 2016, na sede da fazenda do pecuarista. Na ocasião, o proprietário e o seu caseiro foram alvejados com disparos de arma de fogo, supostamente de calibre 22., e morreram no local.

Após a ação criminosa, os suspeitos colocaram as duas vítimas no banco de trás de um veículo Volkswagem Crossfox, de propriedade do fazendeiro. Os suspeitos abandonaram o automóvel próximo à Agrovila Buriti, e em seguida atearam fogo no veículo. Somente na manhã do dia seguinte, 28 de julho, foram encontrados  os corpos carbonizados em seu interior.

Desde então a Delegacia de Polícia de Confresa iniciou o trabalho investigativo para elucidar o bárbaro crime, e com apoio do Núcleo Especializado de Investigações Criminais, vinculado à Delegacia Regional de Confresa, as diligências foram intensificadas e com as provas colhidas foi possível identificar os dois autores.

As investigações apuraram que o duplo latrocínio foi motivado por um suposto montante de dinheiro, que o pecuarista guardava em sua residência, após ter vendido diversas reses ao frigorífico local.

No entanto, embora a quantia de recurso não estivesse ainda na fazenda, os criminosos decidiram matar o fazendeiro e o caseiro, pelo fato de as vítimas terem reconhecido os autores, em vista de contatos anteriores. Cleberson e Arnaldo foram indiciados pelo crime de latrocínio, cuja Legislação prevê pena de 20 a 30 anos de reclusão.

O delegado regional de Confresa, Marcos Aurélio Dias Leão, explica que essa foi mais uma ação empreendida pelo Núcleo Especializado, visando o combate aos crimes de homicídios e contra o patrimônio, que têm diminuído vertiginosamente na área rural nos últimos dois anos.

“A Polícia Civil vem com afinco combatendo os criminosos, que atuam fora da cidade, inclusive em conflitos agrários”, destacou o delegado Marcos Leão.
Imprimir Enviar para um amigo

comentar  Nenhum comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agua Boa News. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agua Boa News poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 

veja maisArtigos

Telma Cenira Couto da Silva

Eclipse solar parcial em 21 de agosto será visível em parte de Mato Grosso

Um eclipse solar parcial poderá ser observado na tarde do próximo dia 21 de agosto em algumas regiões do Brasil, desde que as condições climáticas estejam favoráveis. Esse eclipse solar será...

 
 
 
 
Sitevip Internet