Notícias / Justiça

11/08/15 às 07:36

TRE faz revisão biométrica de eleitores em mutirão pelo interior

Em dois dias, 11% dos eleitores de Ribeirãozinho participam da revisão biométrica

TRE faz revisão biométrica de eleitores em mutirão pelo interior

Técnicos do tribunal durante trabalho na região Sudoeste

O Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso (TRE-MT) reforça junto aos eleitores do município de Ribeirãozinho sobre a obrigatoriedade de participação na revisão do eleitorado com biometria, que teve início na última quinta-feira (06 de agosto). Nos dois primeiros dias de trabalho, 217 eleitores foram atendidos, o representa 11,33% do eleitorado.

O atendimento está sendo realizado em seis guichês montados pela Justiça Eleitoral na Câmara de Vereadores, das 8 às 17 horas, de segunda a sexta-feira, sob a coordenação do 47º Cartório Eleitoral.

Uma cerimônia do início da revisão biométrica foi realizada no Salão Paroquial de Ribeirãozinho na noite da quinta-feira (06.08). “Quero parabenizar o comparecimento de tantos jovens a esta cerimônia, de seu envolvimento na verdadeira política”, destacou o juiz da 47ª Zona Eleitoral, Wagner Plaza Machado Junior. Ele destacou importância do recadastramento e da segurança que a biometria traz para o processo de votação. Após expor os benefícios da biometria no processo eleitoral, o juiz respondeu a perguntas dos eleitores, sobre ferramenta.   

O recadastramento somente tem sido possível por meio de apoios municipais.  Em Ribeirãozinho, a prefeitura cedeu seis servidores, comunicação através de carro de som e matéria no site oficial da prefeitura. Já a Câmara de Vereadores, além de servidores, cedeu a estrutura necessária (local mobiliado com acesso a internet).

 “A prefeitura tem atuado como parceira da Justiça Eleitoral, em todas as oportunidades. Fico feliz que Ribeirãozinho tenha sido o primeiro município na circunscrição da 47ª Zona Eleitoral a realizar a revisão do eleitorado com coleta de dados biométricos”, destacou o prefeito da cidade, Aparecido Marques Moreira, durante a cerimônia do início da revisão biométrica.

 A revisão biométrica do eleitorado no município segue até o dia 28 de agosto. Cada atendimento dura em torno de 20 minutos. Quem não efetuar a revisão biométrica terá seu título de eleitor cancelado. 

Título cancelado
O eleitor que tiver o título cancelado ficará excluído da participação no pleito e poderá ser impedido de obter passaporte ou carteira de identidade, receber salários de função ou emprego público, obter certos tipos de empréstimos e inscrição em programas sociais do governo.

O cancelamento do título também pode gerar dificuldades para investidura e nomeação em concurso público, renovação de matrícula em estabelecimento de ensino oficial ou fiscalizado pelo governo e obtenção de certidão de quitação eleitoral ou qualquer documento perante repartições diplomáticas a que estiver subordinado. 

comentar  Nenhum comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agua Boa News. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agua Boa News poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 
 
Sitevip Internet