Notícias / Política

16/03/17 às 12:12

PSDB lidera articulações para expansão da Ferronorte em Mato Grosso

ZF Press

AguaBoaNews

Imprimir Enviar para um amigo
PSDB lidera articulações para expansão da Ferronorte em Mato Grosso

Foto: Assessoria

Líderes do PSDB somam forças para que o projeto de expansão da Ferronorte interligue Rondonópolis até a região Norte do Estado passando por Cuiabá. Nesta quarta-feira (15), uma reunião entre o governador Pedro Taques e o governador Geraldo Alkemin, contou com a presença do presidente da sigla em Mato Grosso, deputado federal Nilson Leitão. O encontro foi realizado no Palácio Bandeirantes, sede do governo de São Paulo. 
 
A articulação encabeçada por Nilson Leitão, que também é presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária na Câmara Federal (FPA), passa pela aprovação da Medida Provisória 752, que estabelece diretrizes gerais para a prorrogação e a relicitação dos contratos de Programa de Parcerias de Investimentos (PPI) em rodovias, ferrovias e aeroportos da administração pública federal. 
 
A estimativa do deputado é que a MP seja votada até maio deste ano, e tenha como principal consequência a redução dos custos de outorgas, que são valores pagos ao governo federal como compensação pela liberação de exploração de serviços, cuja prerrogativa de regularização é do poder Executivo Federal. 
 
Nilson Leitão já articula com a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) a realização de uma audiência para debater a ampliação do prazo de outorga de expansão da Ferronorte, para que o projeto consiga capitar mais recursos e ser beneficiado com os efeitos positivos da MP 752, o que por já contabiliza cerca de R$ 1 bilhão só em recursos que poderão ser investidos na ampliação da ferrovia e não gastos com os tramites burocráticos, que por ora oneram os investimentos no país. O valor total ainda está sendo contabilizado.
 
A Ferronorte conta com terminal intermodal de cargas em Rondonópolis, Alto Taquari, Alto Araguaia e Itiquira. O volume transportado entre Mato Grosso e o Porto de Santos é de cerca de 30 milhões de toneladas, principalmente de soja e milho, número que pode chegar a 75 milhões de toneladas se a ferrovia chegar ao Norte do Estado.
 
Também participaram da audiência o diretor da Rumo, Júlio Fontana Neto e o CEO da Cosan, Marcos Lutz e o presidente do Instituto Teotônio Vilela, em Mato Grosso, Antônio Carlos Borges Garcia (Catonho), ex-presidente da FIEMT e entusiasta do projeto da ferrovia.
  • PSDB lidera articulações para expansão da Ferronorte em Mato Grosso
  • PSDB lidera articulações para expansão da Ferronorte em Mato Grosso
Imprimir Enviar para um amigo

comentar  Nenhum comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agua Boa News. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agua Boa News poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 

veja maisArtigos

José Sarney

São Luís em Dezembro

O sinos do Natal já podem ser ouvidos nos seus sons distantes Quando eu era menino e começava, em São Bento, a descobrir o mundo com suas belezas, a primeira coisa que me encantava era o campo verde, lindo tapete de capins:...

 
 
 
 
Sitevip Internet