Notícias / Negócios

31/01/17 às 19:46

Femoda/MT fecha mais de 22 mi em negócios em três dias de feira

Ícone Assessoria de Imprensa

AGUA BOA NEWS

Imprimir Enviar para um amigo
Femoda/MT fecha mais de 22 mi em negócios em três dias de feira

Presidente da Assorep/MT, Silvio Landin

Foto: Assessoria

A terceira edição da Feira de Calçados, Confecções e Acessórios de Mato Grosso (Femoda/MT) movimentou mais de R$ 22 milhões em três dias de evento. Segundo dados da Associação dos Representantes Comerciais de Mato Grosso, (Assorep-MT), a feira que aconteceu entre os dias de 27 a 29 de janeiro, recebeu um público de mais de 1500 visitantes de Cuiabá e regiões.

Ao todo mais de 200 marcas de todo Brasil mostrou as novidades das coleções outono/inverno 2017 entre roupas, calçados e acessórios. De acordo com o presidente da Assorep/MT, Silvio Landin, o evento estimula o empreendedorismo e o desenvolvimento do segmento de comércio e serviços. “Além disso, exerce uma influência positiva sobre os demais setores da economia devido à sua relevância econômica e capacidade de promover emprego e renda”, pontua.

A empresária, Marilda de Jesus, representante das marcas Cacau Jeans e Cacau Kids, de Várzea Grande (MT), destaca que a Feira serve para captar mais clientes. “Esta foi a primeira vez que participei da Femoda. Idealizamos uma prospecção clientes novos, além do resgate dos clientes que estavam mais distantes e inacessíveis e estiveram presentes aqui ao evento”, revelou.

O comerciante Owanir Carreiro, de São Miguel do Iguaçu (PR), reforça que participa como expositor pela terceira vez da Femoda e considera a iniciativa muito bem-vinda para os lojistas. “Gosto desse tipo de evento que une indústria, representante e lojista. Acredito que isso vai contribui para o sucesso do segmento nesses tempos de crise econômica. Além disso, o espaço reúne todas as tendências para as próximas estações e permite a realização de bons negócios”, declarou.

Para a comerciante Jackeline Almeida o evento trouxe muita variedade de marcas e produtos. “Nós temos mais opção de escolha é legal para conhecer as novas tendências e a feira facilita na hora da escolha”, garantiu. Mesma opinião da empresária, Kézia Morais. “Essa é a primeira vez que venho à Feira para conhecer as tendências e novidades para a próxima estação, pois, normalmente, os representantes são quem vão até a minha empresa. Porém, esse evento é importante para a demonstração das marcas e as variedades, coisa que eu não tinha acesso”, afirmou.
  • Femoda/MT fecha mais de 22 mi em negócios em três dias de feira
  • Femoda/MT fecha mais de 22 mi em negócios em três dias de feira
Imprimir Enviar para um amigo

comentar  Nenhum comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agua Boa News. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agua Boa News poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 

veja maisArtigos

Fernando Rizzolo

Vinho chileno com sabor de rebeldia

Já fui melhor nisso. Uns dez anos atrás, eu era um apreciador de vinhos. Na época, isso era uma espécie de moda, e, de todos os vinhos, o que eu menos apreciava era o chileno. Talvez em razão do meu paladar mais...

 

Enquete

Se a eleição para presidente tivesse Jair Bolsonaro e Sérgio Moro como candidatos, em quem você votaria?

 
 
 
Sitevip Internet