Notícias / Agricultura

20/12/16 às 14:18

INCRA disponibiliza o CCIR 2015-2016

Safras & Cifras

AGUA BOA NEWS

Imprimir Enviar para um amigo
O Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (INCRA) disponibilizou, a partir do dia 19 de dezembro, a emissão do Certificado de Cadastro de Imóvel Rural (CCIR) relativo aos exercícios de 2015 e 2016. A taxa de serviço cadastral deve ser paga até 14 de janeiro de 2017.

O CCIR é emitido pelo Incra e indispensável para alterações de registro em cartórios, bem como para solicitar crédito agrícola na modalidade de financiamento bancário.

Emissão do Certificado

Para emitir o certificado, o proprietário deve acessar o portal Cadastro Rural ou o portal do INCRA e informar os dados de identificação. Ao expedir o CCIR será emitida a Guia de Recolhimento da União (GRU) para pagamento da taxa de serviços cadastrais, esta que deve ser paga até o dia 14 de janeiro de 2017. Caso a quitação da taxa não venha a ocorrer até a data do vencimento, o titular do imóvel deverá emitir 2ª via do CCIR, que conterá os valores de multa e juros calculados pelo sistema, com alerta para nova data de vencimento. 

A coordenadora do setor fundiário da Safras & Cifras, Michele Müller adverte que, caso o imóvel rural possua algum tipo de impedimento, o CCIR não estará disponível para impressão. “Para emitir o CCIR é necessário que o imóvel rural já esteja regularmente cadastrado no Sistema Nacional de Cadastro Rural (SNCR)”, explica.

Atualização cadastral

O cadastro deve ser atualizado sempre que ocorrerem alterações, como por exemplo, a mudança de área, de titularidade, de exploração e de situação jurídica. Estes dados cadastrais atualizados viabilizam a emissão do CCIR.

Michele ressalta a importância de estar com o cadastro atualizado. “O certificado comprova a regularidade cadastral do imóvel rural, pois contém informações sobre o titular, a área e a classificação fundiária, o qual constitui a prova documental utilizada para desmembrar, arrendar, hipotecar, vender ou prometer em venda o imóvel rural”, afirma.

Ainda de acordo com Michele, o CCIR relativo aos exercícios de 2015 e 2016 substitui o CCIR 2014, 2013, 2012, 2011, 2010 e fecha mais um ciclo de mudanças no cenário fundiário de 2016. “O documento vem para reforçar a ideia da necessidade de que todos os imóveis rurais, que até o momento não foram cadastrados e atualizados dentro do Cadastro Nacional de Imóveis Rurais (CNIR), deverão fazê-lo o quanto antes, porque a partir do início de 2017 os imóveis que não estiverem em condição de regularidade sofrerão com a indisponibilidade do CCIR e da Certidão Negativa de Débitos do Imposto sobre a Propriedade Territorial Rural (ITR), por motivo de pendência cadastral”, finaliza.

A Safras & Cifras está à disposição dos produtores rurais para consultar a situação cadastral de seus imóveis, bem como, para auxiliá-los na tomada das providências necessárias para que fiquem em situação de regularidade e com o acesso integral aos documentos indispensáveis para negociações financeiras e registrais.
Imprimir Enviar para um amigo

comentar  Nenhum comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agua Boa News. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agua Boa News poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 

veja maisArtigos

Eduardo Gomes de Andrade

De figuras menores

Maior espetáculo da terra não é título fácil e mais difícil ainda é mantê-lo décadas após décadas neste planeta competitivo onde a duras penas o Brasil consegue poucas...

 
 
 
 
Sitevip Internet