Notícias / Cidades

13/11/16 às 09:49

Canarana - Estudantes da rede estadual realizam apresentações culturais na Caravana

Jovens puderam mostrar um pouco do talento em diversas áreas da cultura, como dança, música, canto e poesia. Além disso, um grupo de alunos fez demonstração de capoeira

Viviane Saggin | Seduc-MT

AGUA BOA NEWS

Imprimir Enviar para um amigo
Canarana - Estudantes da rede estadual realizam apresentações culturais na Caravana

Alunas da EE Dep. Norberto Schwantes apresentaram dança do Carimbó, manifestação cultural de origem indígena, típica do Pará

Foto: Mayke Toscano

Estudantes de escolas estaduais de Canarana se apresentaram no palco principal da Caravana da Transformação do Governo de Mato Grosso, realizada no município, nesta sexta-feira e sábado (11.11 e 12.11). Os jovens puderam demostrar um pouco do talento em diversas áreas da cultura, como dança, música, canto, poesia, além de demonstração de capoeira.

As primeiras a subirem no palco foram estudantes da Escola Estadual (EE) Paulo Freire. Karen Letícia interpretou a música ‘Quase sem Querer’, de Maria Gadú. Em seguida, foi a vez da jovem Laura Brilhante, com a canção ‘Medo Bobo’, de Maiara e Maraísa. Para finalizar a participação, Tallyane Andressa interpretou ‘Versos Simples’, de Richardson Maia.

Alunas da EE Dep. Norberto Schwantes apresentaram a dança do Carimbó, manifestação cultural de origem indígena que é típica do litoral do estado do Pará. Elas encantaram o público, ao som da ‘Dança do Carimbó’, da banda Calypso, e ‘Ai Menina’, de Lia Sofia.




Outros 25 estudantes, do 8º ano, também da unidade escolar, cantaram e recitaram poesias, exibindo cartazes com frases e poemas.

Além disso, vários estudantes das escolas da rede do município se juntaram para demonstração de técnicas de capoeira. O ritmo e a disciplina da luta têm atraído muitos estudantes.

Atualmente, participam do projeto cerca de 40 jovens, entre cinco e 30 anos de idade. "Ficamos muito contentes com o convite para nos apresentarmos aqui", afirmou o idealizador do projeto, que também é diretor da EE Norberto, Reinaldo Aparecido de Oliveira.

De acordo com ele, os meninos gostaram e ficaram muito animados com a oportunidade de demostrar um pouco do que sabem. "Agradecemos ao Governo do Estado por trazer a Caravana ao município", enfatizou.

Fanfarra

Sob o comando do professor de artes e regente Fabiano Rezende Correia, a Fanfarra da Escola Estadual 31 de Março, em Canarana, executou três músicas, durante a Caravana da Transformação.



 
Doze integrantes da banda fizeram o acompanhamento das canções ‘Aquarela do Brasil’, composição de Ary Barroso; música-tema do filme ‘Carruagem de Fogo’, composta pelo grego Vangelis; e ‘Tema das Vitórias’, de Eduardo Souto Neto, imortalizada nas corridas de Airton Senna.

Foi uma demonstração do trabalho desenvolvido na unidade escolar há cinco anos, por meio do Projeto Interdisciplinar de Arte na Escola (Prinart), que conta com a participação de cerca de 70 alunos.

Depois da apresentação, os estudantes se juntaram com outros jovens para assistir palestras e visitar o estande da Seduc-MT.



 
A estudante Alice Vitória Andrade de Paula, de 12 anos, que cursa o 7º ano, toca surdo na Fanfarra e gostou de se apresentar. “Foi muito bom. Pela primeira vez me apresentei em um evento grande como esse e sem errar nada”, conta orgulhosa, lembrando que já se apresentou com os colegas em outras oportunidades na cidade, mas nada comparado à Caravana.

A menina diz que participar do projeto Prinart e da Fanfarra a deixa feliz, motivada e com mais energia. “É a melhor escola que já estudei”, declara.

O Prinart oferece, em diversas unidades escolares da rede estadual, atividades ligadas à educação, música, teatro, artes visuais, etc., como uma das referências na construção do processo de ensino e aprendizagem.
Imprimir Enviar para um amigo

comentar  Nenhum comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agua Boa News. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agua Boa News poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 

veja maisArtigos

Maria Augusta Ribeiro

O perigoso universo dos youtubers Kids

Saiba por que expor crianças de 8 a 12 anos na internet como influenciadores digitais pode comprometer o desenvolvimento delas e ainda transformá-las em adultos frustrados e em busca de likes.  O crescente número de...

 
 
 
 
Sitevip Internet