Notícias / Meio Ambiente

28/10/16 às 11:29

Representantes da Fundação Moore conhecem ações da Rede de Sementes e do ISA nas cabeceiras do Xingu

Representantes da Fundação Moore conheceram a Casa de Sementes, o restauro de uma Reserva Legal e ainda acompanharam a técnica de plantio direto de florestas

Rafael Govari – ISA

AGUA BOA NEWS

Imprimir Enviar para um amigo
Representantes da Fundação Moore conhecem ações da Rede de Sementes e do ISA nas cabeceiras do Xingu

Foto: Rafael Govari – ISA

Representantes da Fundação Moore conheceram os trabalhos realizados pelo Instituto Socioambiental (ISA) e pela Associação Rede de Sementes do Xingu (ARSX) nas cabeceiras do Xingu. Ivan MacGregor Thompson, Leonardo Colombo Fleck e Marina Thereza Campos Quinlan, visitaram a Casa de Sementes, a Fazenda Angaiá e acompanharam um plantio de sementes na área urbana da cidade de Canarana-MT. A visita aconteceu no dia 17 de outubro.

Na Casa de Sementes, que funciona em anexo ao Viveiro Municipal de Canarana, os visitantes conheceram como são armazenadas as sementes florestais entregues pelos coletores. A ASRX possui 10 casas de sementes espalhadas pela região Xingu Araguaia.

“Temos área para plantar até 500 mil hectares de lavoura sem desmatar uma árvore, somente convertendo pastagens. Antigamente não se tinha muito a noção de preservar a natureza, mas hoje os produtores já tem essa consciência. E o trabalho que o ISA desenvolve na região vem justamente para compensar muitos erros cometidos no passado”, falou o prefeito eleito de Canarana, Fábio Faria, que também participou da visita.

A Fundação Moore tem diversos parceiros em cinco países da América Latina que possuem em seu território o Bioma Amazônico. “Essa ideia começou porque o Godan Moore [criador da Intel] gostava muito de meio ambiente e em vida doou metade de sua fortuna para criar um fundo para ajudar vários iniciativas no mundo todo e a Amazônia tem importância global”, explicou Marina Thereza.

Maitê, como é mais conhecida, disse que a Fundação Moore apoia iniciativas do ISA há mais de 10 anos. “A gente começou apoiando a iniciativa do ISA dentro do Parque Indígena do Xingu, mas depois eles mostraram pra gente que era importante trabalhar também no entorno”.

Marina Thereza destacou a união que existe em Canarana entre fazendeiros, indígenas, agricultores familiares e outros atores, todos juntos unidos em uma iniciativa, que é coletar sementes e recuperar áreas degradadas. “Ninguém vai conseguir fazer sozinho, precisa juntar todos esses grupos no objetivo comum e esse objetivo comum é as sementes. Sentimos orgulho de apoiar um projeto como esse [ARSX], porque hoje não é fácil achar um bom parceiro”.

Na Fazenda Angaiá os representantes da Fundação Moore conheceram uma área de restauro de 14 hectares de Reserva Legal, que foi implementada através de uma parceria da fazenda com o ISA e a Embrapa. A Fazenda Angaiá fica no interior do município de Canarana e o proprietário decidiu reflorestar mais do que a lei exige porque percebe que a floresta tem potencialidades econômicas, entre elas a fruta, a semente e a madeira.

De volta à cidade de Canarana, Ivan, Leonardo e Marina Thereza acompanharam o plantio de um hectare de floresta em uma área urbana. Utilizando a muvuca (que é um mix de sementes), 85 kg de sementes de 60 espécies entre florestais e forrageiras foram colocadas no vincón que, acoplado ao trator, lança as sementes ao solo. O valor das sementes utilizadas nesse plantio gira em torno de dois mil reais, bem menos do que se fossem utilizadas mudas e muito mais eficiente no resultado.

O plantio foi uma parceria entre o ISA, ARSX, proprietário do loteamento e o Conselho Municipal de Defesa do Meio Ambiente (COMDEMA).


dsc_0019
Maitê traduz para Ivan, que é canadense, aspectos de algumas sementes florestais coletadas pela Rede. Foto: Rafael Govari – ISA

dsc_0012
Prefeito eleito Fábio Faria (E) fala com a comitiva. Foto: Rafael Govari – ISA

dsc_0021
Sementes florestais sendo preparadas para a muvuca (mistura). Foto: Rafael Govari – ISA

dsc_0049
Leonardo, Rodrigo Junqueira (ISA), Ivan e Maitê se divertem lançando as sementes que não podem ser misturadas na muvuca. Foto: Rafael Govari – ISA

img_0978
Restauração de um hectare dentro da área urbana de Canarana utilizando a técnica do plantio direto. Foto: Guilherme Pompiano – ISA
 
Imprimir Enviar para um amigo

comentar  Nenhum comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agua Boa News. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agua Boa News poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 

veja maisArtigos

Nilton Moreira

Estrada Iluminada - Pessoas que estavam lá!

Alguns têm certeza. Outros não acreditam. A maioria suspeita de que possa existir, e outros tantos preferem não se questionar. Estou falando de vidas...

 
 
 
 
Sitevip Internet