Notícias / Meio Ambiente

30/07/15 às 09:10

Cultivando Água Boa: Governo assina acordo técnico para preservação das águas

Parceria com usina Itaipu Binacional inclui dezenas de frentes de trabalho e melhor gestão do setor hídrico de Brasília

Gabriela Moll, da Agência Brasília

Imprimir Enviar para um amigo
O governador Rodrigo Rollemberg acompanhado do diretor-geral da Itaipu Binacional, Jorge Samek, do secretário do Meio Ambiente, André Lima, e da superintendente-executiva de Meio Ambiente e Recursos Hídricos de Goiás, Jacqueline Vieira, assinou acordo de cooperação técnica com a Usina Hidrelétrica Itaipu Binacional para investir no programa Cultivando Água Boa

Os Conselhos de Recursos Hídricos e de Meio Ambiente do DF reuniram-se, na manhã desta quarta-feira (29), no Salão Branco do Palácio do Buriti, em solenidade que marcou mais uma parceria entre os governos de Brasília e federal. O governador Rodrigo Rollemberg assinou acordo de cooperação técnica com a Usina Hidrelétrica Itaipu Binacional para investir no programa Cultivando Água Boa — iniciativa promovida desde 2003 pela empresa com o objetivo de promover melhor gestão das águas brasileiras. “Esta é, sem dúvidas, uma das ações mais importantes do nosso governo”, destacou Rollemberg. “Precisamos preservar nossas águas e mostrar ao mundo que somos referência em sustentabilidade.”

O chefe do Executivo reforçou os projetos que visam a reduzir o impacto ambiental e estimular a conscientização: “Vamos terminar o aterro sanitário de Brasília para tratar os resíduos sólidos; implementar os parques como grandes centros de educação ambiental; adotar energia solar nas escolas públicas; e fazer um grande programa de arborização”.

O secretário do Meio Ambiente, André Lima, ressaltou a relevância da parceria entre o governo de Brasília e a usina hidrelétrica: “É fundamental que nossas agendas estejam alinhadas para conduzirmos a preservação dos nossos recursos”. O programa Cultivando Água Boa integrará 34 frentes de ação voltadas para a sustentabilidade ambiental em Brasília, com verba da Fundação Banco do Brasil.

“Estamos aqui para provar como é possível gerar emprego, renda e aumentar a economia sem esquecer de cuidar do meio ambiente”, disse o diretor-geral da Itaipu Binacional, Jorge Samek. Após a assinatura do documento, ele entregou ao governador uma réplica do prêmio Água para a Vida, da ONU Água, recebido pela hidrelétrica em 2015.

Projetos
Os representantes ainda firmaram protocolo de intenções entre a Secretaria do Meio Ambiente e a Fundação Banco do Brasil para a elaboração dos projetos Tecnologias Socioambientais da Água, Recupera Cerrado, Prêmio Produtor Rural Sustentável do DF e Virada Sustentável.

Também participaram da solenidade o secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação, Paulo Salles; o superintendente do Banco do Brasil no Distrito Federal, José Amarildo Casagrande; o presidente da Fundação Banco do Brasil, Marcos Frade; e a superintendente-executiva de Meio Ambiente e Recursos Hídricos de Goiás, Jacqueline Vieira.

Ao contrário do que informava a matéria, o nome do diretor-geral da Itaipu Binacional é Jorge Samek, e não Jorge Samex; e o cargo de Jacqueline Vieira é de superintendente-executiva de Meio Ambiente e Recursos Hídricos de Goiás, e não secretária do Meio Ambiente de Goiás.

 
Imprimir Enviar para um amigo

comentar  Nenhum comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agua Boa News. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agua Boa News poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 

veja maisArtigos

Nilton Moreira

Estrada Iluminada - 'Destino da Terra e causas das misérias humanas'

“Admira-se de encontrar sobre a Terra tanta maldade e más paixões, tantas misérias e enfermidades de toda a sorte, concluindo-se quão deplorável é a espécie...

 
 
 
 
Sitevip Internet