Notícias / Água Boa

29/07/15 às 22:26

JBS não pretende fechar mais unidades de abate

Empresa encerrou atividades em cinco plantas frigoríficas desde o começo deste ano alegando oferta limitada de bois e demanda fraca

Reuters

Imprimir Enviar para um amigo
JBS não pretende fechar mais unidades de abate

JBS Unidade de Água Boa

Foto: Max Weber / Água Boa News

A JBS, maior produtora global de carnes, não tem planos de realizar fechamentos de unidades de abate de bovinos no Brasil no segundo semestre, após suspender atividades de algumas plantas recentemente por conta da oferta limitada de animais e de uma demanda mais fraca. A companhia desativou cinco frigoríficos de bovinos em 2015.

A informação é do presidente-executivo da companhia, Wesley Batista, que disse, no entanto, que continua monitorando o mercado interno e as exportações.

"Não posso prometer que, se o consumo doméstico continuar piorando e a exportação não reagir, não possa vir nenhum outro ajuste. Em princípio, fizemos o que tínhamos que fazer", afirmou Batista a jornalistas, após participar de um evento do setor de aves e suínos em São Paulo.

Por outro lado, a JBS está "crescendo em aves, suínos e processados (no Brasil), aumentando postos de trabalho", disse o executivo.

Na avaliação do presidente da JBS, a situação de aperto econômico e redução do poder aquisitivo dos consumidores melhora as perspectivas para as vendas de proteínas mais baratas.

"A carne bovina, das três (principais proteínas animais), é a que está mais pressionada. A de frango é o oposto: está se beneficiando da questão do mercado doméstico e das exportações", avaliou.

Levantamento recente da consultoria Agrifatto estimou que 44 plantas de abate de bovinos foram desativadas no país este ano, incluindo todas as empresas do setor.
Imprimir Enviar para um amigo

comentar2 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agua Boa News. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agua Boa News poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • por Willian, em 03/08/15 às 16:11

    O comentário do Sr. Cesar Serafim não surpreende pois até a leitura de seu texto ficou quase impossível. Os financiamentos que empresa constituiu não fez ela ser diferente de qualquer outra. Como ela conseguiu tamanha investimento é outra história. Como o próprio CEO disse, estão se adequando ao mercado. E qual empresa não está? Infelizmente quem perde é o trabalhador de baixa renda. Quem perde é o Brasil por não saber escolher seus representantes.

  • por cesar serafim, em 30/07/15 às 08:23

    e brincadeira uma publicação desta pois os financiamento fora-o feitos nao pode fechar nem uma fecho um monte e agora fala que nao vai fechar mas nem uma e piada e um pais de bandidos no poder cade os promotores e juízes

 
 

veja maisArtigos

José Sarney

São Luís em Dezembro

O sinos do Natal já podem ser ouvidos nos seus sons distantes Quando eu era menino e começava, em São Bento, a descobrir o mundo com suas belezas, a primeira coisa que me encantava era o campo verde, lindo tapete de capins:...

 
 
 
 
Sitevip Internet