Notícias / Política

15/09/16 às 12:01 / Atualizada: 15/09/16 às 12:05

Candidato único em Nova Xavantina, prefeito busca voto para reduzir abstenções

Francis Amorim

RD News

Imprimir Enviar para um amigo
Candidato único em Nova Xavantina, prefeito busca voto para reduzir abstenções

Foto: Uqvi Studio

A condição de candidato único a prefeitura de Nova Xavantina não tranquiliza o prefeito João Batista Vaz da Silva, o Cebola (PSD). O social-democrata está “gastando” sola de sapato com atividades diárias para garantir o respaldo do eleitor nas urnas. Aproveita as horas do período permitido pela Justiça Eleitoral para sair a campo.

Com 15 mil eleitores, Nova Xavantina tem o hábito, segundo cálculos do prefeito, de registrar um índice de abstenções na casa dos 22 a 25%, como ocorreu nas eleições de 2012 e a meta é reduzir esse índice e garantir a presença do eleitor no dia da votação.

“Estamos promovendo caminhadas diariamente e participando de reuniões dos vereadores para apresentar o plano de governo e a receptividade tem sido boa. Isso nos deixa confiantes pelo envolvimento do eleitor, que assimilou o projeto de candidatura única e tem mostrado interesse em discutir os problemas da cidade”, disse Cebola.

Como o expediente ao público na prefeitura é das 12 às 18 horas, o candidato tem aproveitado o período da manhã e à noite para fazer campanha. “No horário de funcionamento da prefeitura estou cumprindo o que legislação determina como gestor, atendendo a população e administrando o município. Em momento algum deixei de cumprir com as minhas obrigações”, disse o prefeito, não concordando que sua situação seja cômoda por não ter adversários.

Eleição silenciosa 
Em Nova Xavantina, pelo fato de existir apenas uma candidatura a prefeito, o silêncio tem prevalecido nas eleições com a ausência de carros de som nas ruas, fogos e horário eleitoral na TV. A campanha está sendo feita somente com a distribuição de santinhos e muita conversa. “É na botina. Caminhando e conversando com as pessoas”, diz João Cebola.

 O prefeito assumiu a prefeitura em 13 de janeiro desse ano com a renúncia do prefeito Gercino Caetano Rosa (PSD), que já estava no exercício do segundo mandato e não poderia mais concorrer.
Imprimir Enviar para um amigo

comentar  Nenhum comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agua Boa News. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agua Boa News poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 

veja maisArtigos

Eduardo Gomes de Andrade

De palmatória

Dante de Oliveira, autor da emenda da eleição direta, é citado por seu suposto lado ambientalista enquanto criador de parques e reservas. Não vejo nesse rótulo o cerne de seu perfil, pois a verdadeira biografia...

 
 
 
 
Sitevip Internet