Notícias / Internacional

02/09/16 às 08:37

Maggi tem primeiro encontro hoje na China

O ministro Blairo Maggi participará de seminário empresarial em Xangai hoje

Diário de Cuiabá

Edição para Agua Boa News, Michel Franck

Imprimir Enviar para um amigo
Maggi tem primeiro encontro hoje na China

Maggi na China: vendas externas

Foto: Divulgação

O ministro Blairo Maggi participará de seminário empresarial em Xangai hoje. De sábado até segunda-feira, ele acompanhará a reunião de cúpula do G-20 e terá encontros bilaterais em Hangzhou.

A partir de terça-feira (6), ele lidera a missão comercial que visitará mais seis países asiáticos, por 20 dias, com o objetivo de ampliar e conquistar novos mercados e atrair investimentos para o agronegócio brasileiro. Ao final do roteiro, Maggi participará da reunião de ministros da Agricultura dos Brics (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul), em Nova Délhi (Índia).

Segundo o Ministério da Agricultura, a viagem faz parte do esforço do governo federal para elevar de 7% para 10%, em cinco anos, a participação do Brasil no comércio agrícola mundial. Um grupo de empresários brasileiros do setor agrícola, os secretários de Relações Internacionais do Agronegócio, Odilson Ribeiro, e de Defesa Agropecuária, Luis Rangel, e o presidente da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), Maurício Lopes, acompanham o ministro durante a viagem.

Além da China, incluindo Hong Kong, a delegação participará de seminários, visitas técnicas, reuniões bilaterais e encontros na Coreia do Sul, Tailândia, em Mianmar, no Vietnã, na Malásia e Índia. Entre os temas a serem negociados pela missão estão a ampliação ou a abertura do acesso a mercados para carnes (bovina, suína e de aves), lácteos, gado vivo, material genético avícola, frutas e matéria-prima para ração. Além disso, o ministro tratará da habitação de plantas frigoríficas e cooperação técnica e científica com a Embrapa, acrescenta o Ministério.

"Paralelamente à reunião dos Brics, em Nova Délhi, o ministro manterá encontros bilaterais com representantes dos governos da China, Rússia e África do Sul. Na pauta de Maggi está a verificação com as autoridades chinesas da publicação da mais recente legislação para a habilitação de novos eventos transgênicos, a avaliação com os russos sobre pescados e trigo e a negociação com os sul-africanos sobre o comércio de carne suína, manga e material genético."
Imprimir Enviar para um amigo

comentar1 comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agua Boa News. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agua Boa News poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • por Luis Gonzaga Domingues, em 02/09/16 às 13:43

    O golpista do Maggi vai para China comunista fazer o quê!? Sem ética e carácter. Eu quero saber como esse indivíduo ficou rico.

 
 

veja maisArtigos

Luana Soutos

Um povo que não conhece sua história está fadado a padecer no passado

É triste um povo que não conhece a sua própria história. Há cem anos, vivíamos a maior Greve Geral já registrada no nosso país. Milhares de trabalhadores paralisaram suas atividades, em...

 
 
 
 
Sitevip Internet