Notícias / Policial

21/07/15 às 20:36

Índios de São José do Xingu recebem orientações do Projeto De Bem Com a Vida

Assessoria/PJC-MT

Imprimir Enviar para um amigo
Pela primeira vez a Polícia Judiciária Civil levou as atividades do projeto De Bem Com a Vida para uma aldeia indígena de Mato Grosso. Em julho, as palestras sobre orientação e prevenção ao uso de álcool atingiram 600 pessoas no município de São José do Xingu, entre moradores, alunos e índios da etnia Caiapó.
 
Nos dias 2, 3 e 4 de julho,  400 alunos com idade entre 11 a 18 anos, da Escola Estadual Antonio Gomes Primo, participaram da  palestra ministrada pelo investigador da Polícia Civil e lotado na Delegacia do município,  Antonio Acelino de Almeida, que desenvolve o projeto “De Bem Com a Vida” na região.

Nos encontros foram discutidos os malefícios do álcool na adolescência com objetivo de orientar os jovens para curtir a vida, sem nenhuma dose de arrependimento, sem álcool e sem violência. Conforme o policial, foram os questionamentos com amplo debate e participação efetiva dos alunos presentes.

Na segunda semana, dia 09 de julho, o “De Bem Com a Vida” participou do Projeto “Ação Social de Valorização a Cultura”, desenvolvido pela Prefeitura com palestra para cerca de 200 participantes.

Na última segunda-feira, 20 de julho, o “De Bem Com a Vida” esteve na aldeia Piaraçu da Etnia Caiapó, a 42 km do município de São José do Xingu. Para chegar a aldeia é necessário atravessar o Rio Xingu em uma balsa.

Na aldeia, os investigadores mantiveram contato com os indígenas e na oportunidade conversou com o cacique aposentado Bedjai e o cacique em exercício Meibamp, sendo este também funcionário da Fundação Nacional do Índio (Funai).

O encontro foi realizado por iniciativa do cacique geral Rauni, que compareceu na Delegacia de Polícia, para uma visita e solicitou parceria do projeto “De Bem Com a Vida”, principalmente na questão da bebida
alcoólica.
 
O cacique afirmou que os “não índios” da cidade estão vendendo todo tipo de bebida alcoólica para os indígenas. O cacique Rauni aprovou a ideia e solicitou a presença da equipe do De Bem Com a Vida na aldeia.

Para o policial civil Antonio Acelino, as atividades de orientação serão sempre prestadas através do trabalho preventivo desenvolvido pelo De Bem Com a Vida, da Coordenadoria de Polícia Comunitária. "Continuaremos enfrentando o problema do álcool, e sensibilizando os comerciantes da cidade, bem como os alunos nas escolas, os adolescentes nos centros comunitários e também nas comunidades indígenas", disse o investigador.

A Delegacia de São José do Xingu é circunscrita a Delegacia Regional de Confresa. O projeto De Bem Com a Vida é uma das ações desenvolvidas pela Policia Judiciária Civil, visando à proximidade da população. O trabalho tem o apoio do delegado de polícia da cidade, André Rigonato.
  • Índios de São José do Xingu recebem orientações do Projeto De Bem Com a Vida
Imprimir Enviar para um amigo

comentar  Nenhum comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agua Boa News. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agua Boa News poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 

veja maisArtigos

José Sarney

São Luís em Dezembro

O sinos do Natal já podem ser ouvidos nos seus sons distantes Quando eu era menino e começava, em São Bento, a descobrir o mundo com suas belezas, a primeira coisa que me encantava era o campo verde, lindo tapete de capins:...

 
 
 
 
Sitevip Internet